Anvisa tem 72 horas para responder sobre vacina Sputinik

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje (20) que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) envie informações sobre um pedido de uso emergencial da Sputnik V, vacina contra a covid-19 desenvolvida na Rússia.

O ministro deu prazo de 72 horas para a Anvisa prestar os esclarecimentos e confirmar se, de fato, recebeu pedido de uso emergencial da vacina.

As informações serão usadas por Lewandowski para decidir sobre um pedido do governo da Bahia que quer autorização para importar e distribuir vacinas mesmo antes da aprovação da Anvisa, desde que os imunizantes já tenham aval de autoridade sanitária estrangeira ou da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

Leia Também

Nada bom: Índice Geral de Preços subiu 1,79% em janeiro

Da Agência Brasil O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) subiu 1,79% em janeiro deste ano,...

Sindimetal Norte elege nova diretoria

O industrial Marcus Gimenes foi eleito para mais dois anos à frente do Sindicato das...

Variante Ômicron acelera e bate recorde de contaminação

O mundo registrou pela 1ª vez mais de 3 milhões de casos de Covid-19 em...

Comente!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Buscar

Apoie o Blog

Paçoca TV

Governo do Paraná: Coronel Malucelli pode entrar na disputa
Governo do Paraná: Coronel Malucelli pode entrar na disputa
19:29

Paçocast

Enquetes

Nenhuma enquete aqui no momento, mas fique atento! Em breve novas enquetes no Paçoca com Cebola!
Barra Lateral 01
Barra Lateral 02
Barra Lateral 03
Barra Lateral 04