Áudio de um desabafo do vereador Vilson Bitencourt mostra o estrago que o IPTU também fez na vida dos vereadores

Um desabafo feito pelo vereador de Londrina Vilson Bitencourt a um amigo, mostra bem a decepção com o prefeito Marcelo Belinati que ele acusa de ter mentido e ser desleal. Aliás, vários vereadores dizem o mesmo nos bastidores, dizem que tiveram suas vidas arrasadas.

Segundo o áudio, durante a discussão sobre o aumento do IPTU, o prefeito disse a ele que o imposto subiria no máximo 40%.

O de Bitencourt subiu mais de 100%, há casos que superam os 500%.

Bitencourt disse que não consegue mais sair às ruas sem ser achincalhado, que perdeu amizades construídas há décadas e que não consegue dormir há mais de um mês.

Diz ainda ter certeza que a Câmara vai revogar a lei.

10 comentários em “Áudio de um desabafo do vereador Vilson Bitencourt mostra o estrago que o IPTU também fez na vida dos vereadores

  • 05/02/2018, 09:00 em 09:00
    Permalink

    Que vergonha.
    Marcelo Belinati, Marcelo Canhada o Janderson de Ibiporã, Bruno Ubiratã, Marcelo Cortez, Fernando Madureira, Tio Dougras, Mendonça o amigo da Onça vice, todos culpados.
    Edson Souza, o peruca de fios de nylon, o mais culpado.
    Todo mundo vai pagar.
    Londrina deve excluir este povo da política.
    Viu Vilson Bitencourt?

    Resposta
  • 05/02/2018, 09:44 em 09:44
    Permalink

    Tadinho do vereador… ele não sabia de nada… ele foi enganadinho… Agora os incompetentes tentam jogar a culpa no prefeito golpista… Fique emocionado…

    Resposta
  • 05/02/2018, 11:02 em 11:02
    Permalink

    Se ele reconhecer a caga da que fez, parabéns, vamos revogar essa lei, é impossivel que todos londrinenses sejam tão bananas assim, o resto do Brasil está estupefato com nosso IPTU, mas parece que o Londrinense é rico e gosta de ser explorado.

    Resposta
    • 05/02/2018, 14:39 em 14:39
      Permalink

      Zani, parece que você tocou num ponto interessante: londrinense ou tem grana ou gosta de fingir que tem. É verdade: londrinense não reclama de aumento nenhum. O governador aumentou IPVA e as tarifas do Detran e ninguém reclamou. O Temer deixa os combustíveis aumentarem (hoje a gasolina está subindo mais meio por cento) diariamente e o londrinense continua enchendo o tanque do carro sem chiar. O governador aumentou o ICMS de 90 mil produtos. Algum londrinense reclamou? Não vi… Então o Marcelo pode ficar sossegado. O aumento do IPTU em breve será assunto esquecido. Mas será lembrado na próxima campanha eleitoral…

      Resposta
  • 05/02/2018, 12:46 em 12:46
    Permalink

    Revogação do IPTU JÁ, Mentira Jamais! A que ponto pode chegar um gestor público com mentiras?

    Resposta
  • 05/02/2018, 12:54 em 12:54
    Permalink

    E pensar que estávamos lidando com uma pessoa séria! A velha arte de enganar para se eleger. Pessa velha e suja política tem que acabar urgente. Temos nossa parcela de culpa, pois fomos alertados, .mas não demos a devida atenção.

    Resposta
  • 05/02/2018, 19:43 em 19:43
    Permalink

    È uma atestado de burrice um vereador querer mudar uma lei que ele ajudou criar. Isto mostra que os vereadores aprovaram um projeto sem ao menos saber o que estava escrito. Ora era simples, qual será o valor a ser cobrado dos contribuintes.
    Ai sim mostraria que os vereadores estavam atentos aos interesses do munícipes

    Resposta
  • 05/02/2018, 21:36 em 21:36
    Permalink

    Ai, que judiação! Tadinho do vereador Vilson! Ele não sabia com quem estava lidando… Hahaha! Tá pensando que engana a quem? Tomara que apanhe na rua! Um bom pescotapa vai colocar esse sujeito e todos os outros vereadores no prumo!

    Resposta
  • 05/02/2018, 22:31 em 22:31
    Permalink

    Como são inocentes esses vereadores que fizeram parte do rolo compressor da Administração. Me lembra o sapo barbudo, se fazendo de vítima. Agora, se realmente foram vítimas de uma grande mentira, é muito séria a acusação. Seria o caso de cartão VERMELHO Arnaldo?

    Resposta
  • 06/02/2018, 09:39 em 09:39
    Permalink

    O “nobre” Vereador é aquele que em 05//10/2016, em entrevista ao portal Bonde, referindo-se a proposta do Boca Aberta de reduzir o salário dos vereadores disse: “É uma bandeira extremamente equivocada, porque a questão salarial está ligada à qualidade do profissional. O vereador é como um executivo de uma grande empresa, que trabalha com orçamento de quase R$ 1,8 bilhão por ano. Se você paga R$ 1 mil, não vai ter executivo de qualidade e nós temos que ter pessoas qualificadas cuidando dessa cidade.” Na mesma Mario Takahashi e Rony Alves também se pronunciaram. Imaginem uma grande empresa com Marcelo Belinati como diretor geral e Bitencourt, Rony e Takahashi como diretores executivos. Deus do céu!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: