Bandalheira na Receita do Paraná também aconteceu nos governos Requião e Pessuti

A ‘coisa feia’ de desvios na Receita Estadual aconteceu também nos dois governadores do PMDB, Roberto Requião e Orlando Pessuti, conforme relata o gremista e blogueiro Fabio Silveira. O Secretário da Fazenda dos dois – advogado Heron Arzua, hoje assessor de Requião em seu gabinete de Senador, no escritório em Curitiba. (leia mais aqui)

Um comentário em “Bandalheira na Receita do Paraná também aconteceu nos governos Requião e Pessuti

  • 22/09/2015, 16:19 em 16:19
    Permalink

    Como dizem os tucanos quando a investigação chega neles,isso não vem ao caso ,o negocio é o dinheiro que os petistas pegaram,quento aos outros governadores ,isso também não vem ao caso.

    Resposta
  • 22/09/2015, 18:37 em 18:37
    Permalink

    Isto existe desde o tempo de Mane Facão, governava estas bandas….

    Resposta
  • 23/09/2015, 02:48 em 02:48
    Permalink

    O que o senador do ” pedágio baixa ou acaba ” vai dizer no Twitter dele sobre isso.

    Resposta
  • 23/09/2015, 07:59 em 07:59
    Permalink

    Cadê os homens do PMDB?

    Resposta
  • 23/09/2015, 13:08 em 13:08
    Permalink

    No governo do Requião, quem administrou o esquema? Seria o primo Abião? E a mulher do Requião também fez lobby a favor dos auditores para que eles ganhassem R$ 30 mil mensais em troca de uns cobertorezinhos?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: