Bandido condenado deve ser conduzido com algemas nos pés e nos pulsos

do Fernando Tupan

A Polícia Federal agiu corretamente ao conduzir o ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, ao Instituto Médico Legal do Paraná para exames de corpo delito. Fizeram porque ele é um bandido, que roubou do pobre para enriquecimento ilícito. Como um ladrão qualquer, deve ser tratado como tal, principalmente depois de ameaçar o juiz Marcelo Bretas. Ele não pode ser tratado com regalias. Se o pobre que rouba, é obrigado a esse procedimento, por que ele não deveria? A chiadeira dos cariocas mostra que a sociedade brasileira ainda precisa avançar.  Quem for pego com a mão no dinheiro público não merece piedade, juiz Sergio Moro. Merece ser condenado a devolver os recursos afanados e perder todos os bens. E antes de tudo, ser tratado como um marginal.

5 comentários em “Bandido condenado deve ser conduzido com algemas nos pés e nos pulsos

  • 23/01/2018, 19:46 em 19:46
    Permalink

    Vou dizer que fiquei bem impressionado quando fui dar um mergulho na esgotosfera (Brasil 24/7, Diário do Centro do Mundo e similares) e vi uma porrada de militante defendendo o Cabral e o Garotinho contra “o judiciário fascista e golpista”.

    Resposta
    • 24/01/2018, 11:32 em 11:32
      Permalink

      Sinceramente? Acho que você pensou que leu… Dos textos assinados que li nos blogs que você diz fazer parte duma tal “esgotosfera” (pelo jeito você gosta dos blogs O Antacorista, dos editoriais da Globo, da Jovem Pan ou da Band, mas gosto é gosto, não se discute) em nenhum li acusação ao “judiciário fascista e golpista” muito menos a defesa dos crimes cometidos por Cabral ou por Garotinho. Por uma razão muito simples: geralmente os textos assinados publicados nesses blogs são redigidos por jornalistas ou por pessoas que sabem raciocinar e argumentar. Qualquer imbecil sabe que o tratamento concedido a Cabral não foi responsabilidade do judiciário mas sim da Polícia Federal. Tanto que até Moro parece não ter concordado com a forma como Cabral foi levado para exame de corpo de delito. Lacertile, que tal ler com mais atenção aos textos publicados nos blogs democráticos que usam o direito do contraditório?!?

      Resposta
  • 23/01/2018, 22:31 em 22:31
    Permalink

    Humm deixa ver,o que leva alguém ser preso,vantagem indevida,assalto ao erário,usar do poder para ter salários e benesses absurdas.
    Então vamos acorrentar os pés de muitos procuradores,Juízes e desembargadores,receber dinheiro acima do teto é tambem propina,assalto ao erário,sacanagem com dinheiro publico,esses caras não tem que ganhar 30 mil reais que é o teto,por que recebem até 100 mil reais por mês,tendo tantos penduricalhos não por merecimento mas por espertesa
    Algemas e corrente nos pés desses sacanas.,

    Resposta
  • 24/01/2018, 09:50 em 09:50
    Permalink

    Faltou esta imagem no 2o DP de Londrina quando prenderam Antonio Casemiro Belinati.
    Só aquela do sobrinho Marcelo Martins Belinati dirigindo o carro quando soltaram o meliante Tio Bila.

    Resposta
  • 24/01/2018, 09:54 em 09:54
    Permalink

    Esse Fernando Tupan deve achar as Convenções de Genebra coisa de florezinhas. Quando leio alguns comentários que aplaudem a barbárie de justiceiros, fico imaginando que o Carlos Cadeia Alborguetti não para de se reencarnar ou deixou um populacho incalculável de viúvas.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: