Cada vez que se puxa uma pena vem uma avestruz: Ministro do TCU se torna alvo de investigação sobre fraudes fiscais

Da Folha de São Paulo

O ministro Augusto Nardes

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal encontraram indícios de que o ministro do Tribunal de Contas da União Augusto Nardes pode ter recebido R$ 1,65 milhão de uma empresa investigada sob suspeita de envolvimento com fraudes fiscais.

Como ministro do TCU, Nardes só pode ser investigado e processado com autorização do STF (Supremo Tribunal Federal). Nesta terça (6), a Justiça Federal decidiu que os autos serão encaminhados à Procuradoria-Geral da República, para que opine sobre o prosseguimento das investigações.

Relator das contas da presidente Dilma Rousseff no TCU, Nardes tornou-se alvo de suspeitas porque foi sócio até 2005 de uma empresa chamada Planalto Soluções e Negócios, registrada em nome de seu sobrinho, Carlos Juliano. (leia mais)

Um comentário em “Cada vez que se puxa uma pena vem uma avestruz: Ministro do TCU se torna alvo de investigação sobre fraudes fiscais

  • 07/10/2015, 16:42 em 16:42
    Permalink

    No TCU, se puxar uma pena, pode vir um avestruz. Mas, se puxar algumas, virão muitos tucanos… Basta analisar os membros do TCU para compreender porque são antipetistas, isto é, golpistas.

    Resposta
  • 07/10/2015, 21:09 em 21:09
    Permalink

    depois ficam correndo atras dos coitados que fazem gato na luz…..pais filha da puta.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: