Câmara discute liberação geral do funcionamento das atividades empresariais em Londrina

Pela milionésima vez desde o começo dos tempos a Câmara de Vereadores de Londrina volta a discutir a liberação geral do horário de funcionamento das atividades empresarias na cidade.

Funcionaria assim: se o cara tem uma barbearia, ou outro negócio, e queira abrir da meia noite ao meio dia, ou 24 horas por dia, terá essa liberdade. Funcionaria para todas as atividades.

Parece simples, mas nunca é simples. É preciso alguns regramentos para que a coisa flua com algum equilíbrio.

Atualmente diversas atividades já funcionam assim – farmácias, bares, supermercados, postos de combustível, transporte, deliverys, etc, etc

Óbvio que nunca haverá unanimidade. O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio Varejista, por exemplo, é contra. Diz que vai prejudicar os trabalhadores.

Grupos de moradores que foram ontem à Câmara debater o assunto com os vereadores, disseram que temem que as regiões onde moram podem ganhar um problema, como  o da Rua Paranaguá, onde há meses a população local e frequentadores de bares e restaurantes batem boca por causa do tumulto que a via se transforma depois das 20 horas.

O projeto de lei que libera geral é da vereadora Jessica Ramos Moreno (PP).

Deixe uma resposta