Citado na Operação Publicano e em outros rolos, Durval Amaral é o novo presidente do Tribunal de Contas

Do G1

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), Durval Amaral, tomou posse como presidente da entidade nesta quinta-feira (12). Eleito pelos pares em 2016, ele substituiu o conselheiro Ivan Bonilha, na presidência da corte de contas.

Durval Amaral está no Tribunal de Contas desde 2012, quando foi indicado pelo governador Beto Richa (PSDB). Nesses três anos, ele já foi citado em pelo menos duas delações premiadas de operações policiais. Uma é a Operação Publicano, que investiga fraudes na Receita Estadual do Paraná e a outra é a Operação Quadro Negro, que apura desvios de dinheiro na construção de escolas estaduais.

Na Operação Publicano, o ex-auditor fiscal Luiz Antônio de Souza contou no depoimento que Durval Amaral procurou o grupo da Receita em Londrina, no norte do estado, e pediu R$200 mil para a campanha do filho, Tiago Amaral, que disputava uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná. Ainda segundo o auditor, Durval Amaral sabia que era dinheiro de propina. (leia mais)

6 comentários em “Citado na Operação Publicano e em outros rolos, Durval Amaral é o novo presidente do Tribunal de Contas

  • 13/01/2017, 11:06 em 11:06
    Permalink

    Se fosse petista, estaria ferrado…

    Resposta
  • 13/01/2017, 14:04 em 14:04
    Permalink

    Ninguém chega ao poder sem qualquer mácula como Durval chegou. Para se ter uma idéia, ele ganhou a eleição na Assembléia Legislativa para o cargo de Conselheiro do TC por unanimidade, ou seja, 53 votos dos deputados estaduais,o que significa que todos da oposição também votaram nele.Durval foi um exemplo como Vereador e Vice-Prefeito de Cambé, Secretário de Estado e um dos mais articulados e competentes Deputados Estaduais. Sua atuação no TC o credencia para assumir a Presidência daquela côrte. Acusações e calúnias sempre existem também no meio político, mas Durval não tem nenhuma condenação em sua vida pública.
    Para o que não gostam dele, só tenho a dizer : a inveja é uma merda !

    Parabéns Durval !

    Resposta
    • 13/01/2017, 21:10 em 21:10
      Permalink

      Concordo: a inveja é uma merda. O puxa-saquismo também! Rsrsrsrs

      Resposta
  • 13/01/2017, 15:01 em 15:01
    Permalink

    Em 1990 esse cara não tinha uma pulga pra dar água, hoje o cara é milionário, a riqueza começou no governo Jaime Lerner, ajudou engavetar CPI do Banestado e agora Presidente do TC e a mesma coisa que colocar a raposa para cuidar do galinheiro.

    Resposta
  • 13/01/2017, 20:30 em 20:30
    Permalink

    o Tal do Clodovil , tem uma fome de leão

    Resposta
  • 15/01/2017, 19:29 em 19:29
    Permalink

    Zenilton Silva menos ou você não sabe, ou você faz parte do grupo de puxa-saquismo e só fazer uma pesquisa em Cambé você vai saber, então mais de leve Zenilton.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: