Contingenciamento trará prejuizos para vários setores de Londrina

O corte no orçamento proposto pelo governador Ratinho Jr, de 20%, vai impactar fortemente a Universidade Estadual de Londrina e serviços que ela presta para a comunidade. Londrina será uma das cidades mais afetadas com a decisão de Ratinho Jr Mãos de Tesoura.

O reitor Sérgio Carlos de Carvalho diz que a UEL e HU (Hospital Universitário) poderiam funcionar por apenas nove meses durante 2019. No caso da UEL e do HU, há um bloqueio de R$ 124 milhões da previsão inicial. Conforme o reitor da UEL, a direção analisou os contingenciamentos e realizou um estudo preliminar para verificar como fica o orçamento ao longo no ano. 

Em entrevista a Folha de Londrina Carvalho disse: “Já nos organizamos nesse orçamento e chegamos à conclusão de que conseguimos trabalhar durante três trimestres do ano. O quarto trimestre já não teríamos como manter nossas atividades, tanto na universidade como no HU. A forma como o contingenciamento foi feito atingiu todas as nossas fontes de arrecadações de recursos, inclusive as que não são do Tesouro”, avalia Carvalho.

Ainda segundo o reitor, no caso do HU, que teve um bloqueio de R$ 14.256.236,00, é mais fácil comprovar para o Governo do Estado a necessidade de liberar. “Nós precisamos do hospital e temos a responsabilidade da prestação do serviço dele. Tanto o ensino como a saúde precisam continuar funcionando”, afirma.

2 comentários em “Contingenciamento trará prejuizos para vários setores de Londrina

  • 10/01/2019, 20:20 em 20:20
    Permalink

    Não tem a mínima ideia do rombo nos cofres do Paraná, talvez tenha que ser 30, 40%. Não demora muito pra saber do rombo, senão corre o risco de cair no buraco da Cida, digo, no buraco que ela e o Richa deixaram.

    Resposta
  • 10/01/2019, 23:45 em 23:45
    Permalink

    Na boa……qual a relevância de Londrina?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: