E aí? Até quando delegado chefe?

Doutor Sebastião Santos Neto poderia dizer como resolver o assunto dos cabos telefônicos da Sercomtel dia sim dia não roubados em Londrina. E depois são revendidos aos ferro velhos para retirar a sucata de cobre. Ontem foi na rua Amélia Riskallah A. Tauil e de novo no Parque Waldemar Hauer, zona leste de Londrina. E hoje inaugura a série no bairro Santa Mônica com mais um furto na rua Divina Gorne, afetando os bairros Tropical, Moema e Conjunto Farid Libos. A série de roubos cotidianos já estou contando em seqüência aqui – http://claudioosti.com.br/novo-roubo-de-cabos/ Sendo que foram roubados em Cambé (lá a Polícia Civil prendeu os ladrões) e no fim de semana no Parque Industrial em Apucarana. E até quando em Londrina, Dr. Sebastião? Ninguém denuncia os receptadores aí pro disque-denúncia? “Muito estranho isso, né Batista?”

Deixe uma resposta