E o que pensa Gleisi Hoffmann sobre Bolsonaro nos EUA?

Por Gleisi Hoffmann, deputada

A viagem de Bolsonaro e seu governo aos Estados Unidos tem sido humilhante para o Brasil! Fechou um acordo para entregar a base de Alcântara aos EUA por 10 milhões de dólares ano, sem maiores exigências ou limitações. Grande negócio para os americanos, é um dinheiro de troco.

Brasil retirou exigência de vistos sem reciprocidade para americanos, australianos, japoneses e canadenses. Não dá para entender porque nosso povo tem de enfrentar burocracia, se expor a veto para viajar enquanto os americanos e outros terão todas as regalias no Brasil. Países que se respeitam não admitem acordos assim.

Para piorar, Bolsonaro, seu filho Eduardo e seu ministro Moro visitam a CIA, em agenda que não tinha sido divulgada. Uma agenda paralela. Deve ser a primeira vez na história que um chefe de Estado brasileiro faz uma visita à sede do Serviço Secreto de outro e fora da agenda oficial! Para que?! Dar mais informações ainda?!

E o Moro? Fecha com americanos acordo de maior cooperação com o FBI, e tenta acordo para acessar comunicação por whatsapp e facebook sem pedido judicial. Ou seja, para espionar cidadãos brasileiros com ajuda de um país estrangeiro sem passar pelo Congresso ou Poder Judiciário.

Pelas plagas brasileiras a área econômica de Bolsonaro resolveu afagar os EUA abrindo o mercado para trigo americano sem nenhuma contrapartida. Isso só era feito para o Mercosul, como forma de fortalecimento de nosso mercado regional, países mais frágeis comercialmente que o Brasil.

Para completar, o ministro da economia de Bolsonaro, Paulo Guedes, diz que o Brasil está à venda e que em 3 meses venderão o pré-sal! Essa é a nossa maior riqueza, estratégica para nosso desenvolvimento e soberania nacional. Na realidade eles já entregaram de graça nosso petróleo. Incentivaram a Lava Jato com Moro e Dalagnol, cederam informações estratégicas e acabaram com a proteção da empresa.

Bolsonaro rasteja para os Estados Unidos e coloca como principal pedido do Brasil para entrar na OCDE. Trump promete apoiar. Vale lembrar que os EUA ofereceram isso ao Brasil na época de Lula e ele não aceitou, pela subordinação a regras antipovo que teria.

Essa viagem consolida a visão de Bolsonaro e seu governo de um Brasil subordinado dos Estados Unidos. Ele diz que “tem muita coisa a desconstruir”, a soberania, com certeza, é uma delas. VENDILHÕES DA PÁTRIA!

Para encerrar, tem de resgatar pesquisa recente do mercado feita pela XP mostrando que caiu popularidade de Bolsonaro (de 40% para 37%) e subiu rejeição para 20%. Caiu expectativa de um bom governo de 63% para 54%. É o nível mais baixo para qualquer presidente eleito desde Fernando Collor em momento similar.

Quem entrega seu país, não defende os seus, lambe as botas dos mais fortes, envergonha a sociedade a que pertencem.

*Gleisi Hoffmann é deputada federal (PT-PR) e presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores. 

10 comentários em “E o que pensa Gleisi Hoffmann sobre Bolsonaro nos EUA?

  • 19/03/2019, 16:13 em 16:13
    Permalink

    A deputada Gleisi está certa mas o Bolsonaro tomou uma decisão que eu estou adorando! Nós, muito em breve, estaremos comendo pão produzido com trigo americano. Assim os produtores brasileiros não precisam ficar quebrando a cabeça e investindo grana para aumentar a nossa produção do valioso cereal. E o Bolsonaro acabou de dar uma bela ferrada no Macri já que os americanos vão substituir rapidamente os 50% de trigo que consumimos vindos da Argentina. Chupa, Macri! Vai ficar mansinho como o Bolsonaro na frente do Trump ou vai dar o troco? O primeiro cospe na minha mão!!!

    Resposta
  • 19/03/2019, 17:04 em 17:04
    Permalink

    não sei o que é pior a gleisi e suas falacias ou meu voto perdido no boca aberta que esta envolvido com ela nas mazelas politicas ……….. que coisa feia em boca aberta.

    Resposta
  • 19/03/2019, 17:46 em 17:46
    Permalink

    Como eleitor do Bolsonaro, eu adoro essa mulher, hue.

    Resposta
  • 19/03/2019, 18:51 em 18:51
    Permalink

    Gente é sério que essa mulher escreveu isso?
    “Grande negócio para os americanos, é um dinheiro de troco.” Negócio bom pra ela é o PT pressionar o BNDES financiar obras na Venezuela, levar calote e o povo brasileiro ter que pagar a conta da Venezuela junto ao BNDES?
    “Brasil retirou exigência de vistos sem reciprocidade para americanos, australianos, japoneses e canadenses ” Essa é uma pérola né mas vou tentar explicar pra loira que mede a economia pelo tamanho da fila no Beto Carrero World. DÓLARES, DÓLARES para o turismo ou ela acha que liberando Cubanos ou Venezuelanos vai trazer qual benefício pra área do turismo? Cubano nem tem jeito né até porque foi durante o Governo do Luladrão que ele mandou a PF caçar os pugilistas Cubanos que abandonaram a delegação, lembram disso?
    OCDE?? Lula se negou a participar porque preferiu se alinhar ao BRICS, organização para a qual não contribuiu com um único dólar, Russía, India e Africa do Sul se cansaram de bancar e hoje é uma organização que vale tanto quanto um grupo de petistas pedindo Lula Livre, ou seja, não vale nada!
    Essa senhora acha que petróleo é a galinha dos ovos de ouro? Manda avisar lá na Venezuela então, quem sabe o povo para de passar fome. Em uma época em que o mundo investe na busca de fontes de energia limpa, explorar ou depender do petróleo é estar fadado ao mesmo destino que nossos vizinhos venezuelanos, aliás, vocês sabem quem é o maior comprador de petróleo Venezuelano? CUBA!!!! Isso mesmo gente, CUBA, isso explica a miséria de nosso vizinho.
    Minha senhora, só uma pergunta: em 8 anos o que a senhora fez pelo Estado do Paraná? O que a senhora fará pelos próximos 4 anos pelo nosso Estado como dePUTAda?

    Resposta
  • 19/03/2019, 20:04 em 20:04
    Permalink

    Mas o desastre econômico da visita dos Bolsonaros e comitiva ao Estados Unidos vai muito mais longe e vai ser duradouro. Hoje foi anunciado que o Brasil, isto é, o presidente entreguista, vai renunciar a tratamento especial na OMC (Organização Mundial do Comércio) para entrar na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). A participação do Brasil na OMC tem sido positiva há muitos anos e tem garantido relações comerciais favoráveis ao Brasil em relação a outros países. Na OCDE, que é o clube dos países ricos, o Brasil vai ser uma bostinha. O Brasil levar alguma vantagem na OCDE é o mesmo que o CSA ganhar o Brasileiro de 2019. Podemos falar de boca cheia que temos um governo completamente imbecil quanto às necessidades do Brasil ter sua economia alavancada.

    Resposta
    • 20/03/2019, 11:04 em 11:04
      Permalink

      “Na OCDE, que é o clube dos países ricos, o Brasil vai ser uma bostinha.”??????
      Ser o ultimo dos melhores dentro do OCDE ou continuar se achando desenvolvido dentro do BRICS?
      “A participação do Brasil na OMC tem sido positiva há muitos anos e tem garantido relações comerciais favoráveis ao Brasil”??? Com certeza vc não esta falando das relações comerciais firmadas pelo PT com a Venezuela, Cuba, Ucrânia, Moçambique, Uganda e outros né até por que os Brasileiros só pagam e pagarão pela relações comerciais com esses países parasitas, vide metro em Caracas, Porto de Mariel em Cuba, que por sinal ainda deve parcelas de financiamentos ao BNDES, sem contar o perdão de dividas de regimes ditatoriais africanas. Enquanto terminava de escrever me lembrei que o governo petista não aceitou participar do Acordo do Pacifico onde mais de 80 países retiravam taxas sobre produtos eletronicos.
      É cidadão, melhor tu continuar na militância esquerdista por que se depender de outra coisa qualquer tu vai é passar fome como o povo cubano!

      Resposta
  • 19/03/2019, 21:38 em 21:38
    Permalink

    O grande fracasso de Bolsonaro, Paulo Guedes, xansseler Araújo e do ex-juiz Mouro foi não ter convencido Trump a comprar o excedente de suco de laranja produzido no Brazil. Trump não aceitou nem mesmo pagar toneladas de suco de laranja brasileiro com bonés de campanha. O único membro da equipe que conseguiu um boné de Trump, mas sem autógrafo, foi o deputado federal Flávio Bolsonaro. A imprensa americana nem deu importância para os negócios econômicos feitos por Bolsonaro e Trump. Os jornalistas gringos falavam mesmo é na bajulação do presidente do dotô Velez diante do imperador Trump. Segundo Bolsonaro, tudo fake news!!!

    Resposta
  • 19/03/2019, 21:41 em 21:41
    Permalink

    Votei no presidente Bolsonaro
    Mas a questão do Etanol me preocupa
    Como fica minha plantação de cana de açúcar?
    Se o Brasil aderir à OCDE, e perder as vantagens da OMC, como fica a Soja? Os EUA vão vender soja aos chineses? O presidente já viu o atual preço da saca? Menos que isso, vou reinvidicar o bolsa miséria…

    Resposta
    • 20/03/2019, 20:04 em 20:04
      Permalink

      Chega mais, Alípio, que a minha família está na mesma situação. Meu pai se associou com dois irmãos e investiram pra caraio na produção de frangos. Até meses atrás, estava tudo sossegado: fornecimento regular para frigoríficos, recebimentos em dia, ampliação 100% do mercado consumidor externo. Agora está tudo pro saco! Os árabes reduziram a compra de frangos do frigorífico e já anunciaram que irão comprar menos ainda daqui para a frente. Os chineses não autorizaram o frigorífico fornecer para a China. Aqui tá todo mundo ferrado! A única coisa boa é que acabou o comunismo no Brasil.

      Resposta
  • 20/03/2019, 09:34 em 09:34
    Permalink

    A Narizinho precisa enxergar a realidade como ela é, não como ela quer.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: