Está tudo gravado, diz advogada

do blog do Cícero Cattani

“Esta tudo gravado” alerta a assessora jurídica da construtora Valor, Úrsulla Andrea Ramos ao mencionar que os recursos desviados teriam sido repassados para a campanha de reeleição do governador Beto Richa, em 2014, e a outros três candidatos a deputado estadual. No depoimento, a advogada afirma que questionou o proprietário da empresa, Eduardo Lopes de Souza, sobre os valores supostamente desviados das obras.

“Esse dinheiro não ficou comigo, esse dinheiro foi feito repasse pra campanha do governador Beto Richa e pra essas três campanhas [do filho do conselheiro Durval Amaral, o deputado estadual Tiago Amaral; de Traiano e de Plauto]. Foi o que ele me disse”, afirma Úrsulla.

No depoimento, a assessora da Valor ainda afirma que questionou o dono da empresa se ele teria provas do que estava dizendo. Segundo o relato de Úrsulla, Souza teria dito possuir gravações de todas as conversas em que tratou do assunto. (Gazeta do Povo)

5 comentários em “Está tudo gravado, diz advogada

  • 13/01/2016, 14:57 em 14:57
    Permalink

    O governo recebeu essas propinas todas declaradas e o Durrrrrval aprovou minhas contas e as obras sem começar,afinal foi uma contra-partida para eu ganhar as eleições e o TJ do Parana jamais vai me indiciar.

    Resposta
  • 13/01/2016, 14:57 em 14:57
    Permalink

    Cade o codigo capechta

    Resposta
  • 13/01/2016, 16:23 em 16:23
    Permalink

    Vai dar em nada! O delator que entregou o modus operandi da turma da Receita Estadual apresentou até o Danfe, a fatura, a nota fiscal do consumidor provando que ele pagou as divisórias do comitê do Richa em Londrina e nada aconteceu.

    Resposta
  • 14/01/2016, 11:23 em 11:23
    Permalink

    Ora bolas! Se esse dinheiro “limpinho” (quando dinheiro sujo é manipulado por tucano, vira “limpinho” e abençoado) foi usado na campanha do Richa, então ele também pode ter sido usado na campanha do Aécio no Paraná. Afinal, a campanha tucana em favor do governador era feita em conjunto com a do candidato derrotado (mas insiste em ganhar no tapetão) Aécio Neves. Com tanto dinheiro, isso explica o sucesso do PSDB no Paraná.

    Resposta
  • 14/01/2016, 11:44 em 11:44
    Permalink

    A justiça quer saber tudo (mas tudo mesmo) sobre o esquema? Basta usar o método Moro aplicado a petistas e seus aliados. Manda prender a dona Úrsula, o Juliano Borghetti e o dono da Valor, o sr. Eduardo Lopes de Souza. Deixa todo mundo preso preventivamente “para sempre” como faz o juiz Moro até que eles façam delação premiada. Não ficará pedra sobre pedra. Pena que esse método não seja aplicado a casos em que tucanos estão envolvidos…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: