Falha nossa ?

O fechamento do Angeloni é a ponta do iceberg. Não, não é animador a divulgação de que a empresa vai “investir seus esforços” na construção do supermercado em terreno que já comprou aqui mesmo. A cidade perde empregos hoje que não sabe quando vai reaver nem  quantos serão no futuro acenado. Perde impostos e arrecadação hoje. Um mal sinal é visível no número recorde de pedidos de seguro desemprego e também o movimento contínuo das  sabidas  transferências de empresas para municípios vizinhos. Fica pior quando os órgãos oficiais municipais informam que não tem nenhum dimensionamento do número de empresas que têm deixado a cidade nos últimos anos. O presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina, Valter Orsi, falou hoje de uma agência de desenvolvimento para “trabalhar em conjunto” com a Codel.  A  única conclusão possível é que as medidas que vem sendo tomadas não são suficientes  ou não estão funcionando.

0 thoughts on “Falha nossa ?

  • 20/08/2015, 00:09 em 00:09
    Permalink

    A prefeitura de Londrina acertou em fechar as contas e agora em meio a crise tem saúde financeira. Mas o prefeito ainda é do ramo do agronegócio e a palavra business – sem os tais esqueminhas fraudulentas – náo fazem parte do dia a dia dele. Que trouxe de indústrias ele a Londrina, foi inclusive o blogueiro que fez a campanha dele e andava pra cima e pra baixo com gente filmando a cidade – e num dos vídeos aparece o Kireeff prometendo a tal industria. Pois ganhamos um comércio indo embora. Que coisa.

    Resposta
  • 20/08/2015, 11:29 em 11:29
    Permalink

    Falta de política municipal de desenvolvimento na nossa cidade, incentivo para a implantação de empresas em nossa cidade. O Prefeito que segundo os mais próximos só enxerga o próprio umbigo, é incapaz de sensibilizar-se pela população afinal o que é ter emprego pra ele?? O que é ficar desempregado sem dinheiro?? Coisas de reles mortais…

    Resposta
  • 20/08/2015, 14:11 em 14:11
    Permalink

    Boa tarde. Passou batido, mas o correto é “mau sinal” e não como está no texto. Abraço!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: