Governo cancelou parte da compra do Kit Intubação, diz Conselho

do UOL

O Ministério da Saúde cancelou em agosto do ano passado parte de uma compra de medicamentos que compõem o chamado “kit intubação”. Dos 23 itens solicitados, 13 foram cancelados sob a justificativa de “preços acima das estimativas de mercado”. A informação consta em um relatório do CNS (Conselho Nacional de Saúde).

Sob risco de desabastecimento, o governo Bolsonaro requisitou, nesta semana, os estoques da indústria de medicamentos usados para intubar pacientes, como sedativos, anestésicos e bloqueadores musculares, que passaram a ficar escassos em alguns locais do Brasil após a explosão de casos de covid-19 nas últimas semanas.

One thought on “Governo cancelou parte da compra do Kit Intubação, diz Conselho

  • 20/03/2021, 22:13 em 22:13
    Permalink

    Cancelou compra de kits de de intubação. Cancelou compra de milhões de doses de vacina (“Já mandei cancelar, o presidente sou eu, não abro mão da minha autoridade. Até porque estaria comprando uma vacina que ninguém está interessado nela, a não ser nós.”) . E não quer ser chamado de genocida…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: