Hospital de Campanha para Londrina: projeto inicial está com o vice-líder do governo

A Universidade Estadual de Londrina encaminhou ao deputado Tiago Amaral, vice-líder do governo do Estado, um projeto para a instalação de um Hospital de Campanha em Londrina, sob a coordenação do Hospital Universitário.

O investimento seria de aproximadamente R$ 15 milhões. R$ 10 milhões já estariam garantidos, conforme o deputado Tiago Amaral. Os demais R$ 5 milhões poderiam vir da Câmara de Vereadores.

O espaço será no próprio HU, na maternidade recém construída, depois será complementado com o espaço do Pronto Socorro que está quase pronto, somando mais 20 leitos, totalizando 120

Conheça os detalhes da proposta:

4 thoughts on “Hospital de Campanha para Londrina: projeto inicial está com o vice-líder do governo

  • 08/04/2020, 15:57 em 15:57
    Permalink

    Me deixe cá com minha moléstia infecciosa, a burrice, tentar entender o que está se sucedendo. A prefeitura disse que iria montar um hospital de campanha com mais de 200 leitos. Daí não falam mais nada. Aparece agora a Uel pedindo um hospital de campanha ajuntado com leitos de UTI para outras finalidades, que provavelmente devem estar há anos na lista de espera. Tá ficando muito complicada essa Covid. O mais engraçado é que os hospitais de campanha estão sendo montados em locais de grande concentração de pessoas, ou aglomerações, como estádios e ginásios. Vai ser um ótimo local para o vírus se encubar e outro melhor ainda para atacar nas tais aglomerações.

    Resposta
  • 08/04/2020, 16:13 em 16:13
    Permalink

    Se faltam “só” 5 milhões, cadê o grandes empresários de Londrina para ajudar? Cinco milhões para as grandes construtoras da cidade, para as grandes indústrias da cidade, para as empresas de transporte de passageiros da cidade não é nada. Esses leitos vão ser de suma importância para Londrina e região, e penso que esses equipamentos que vão ser comprados vão continuar na cidade ajudando no futuro. Mudando de assunto, eu gostaria que alguém da imprensa fizesse uma reportagem mostrando o que as cidades da região metropolitana de Londrina estão fazendo em termos de estrutura para combater o Covid. Após o início da pandemia, quantos leitos hospitalares foram criados nessas cidades, quantos respiradores para UTI foram adquiridos pelos prefeitos para os hospitais dessas cidades? Estou vendo prefeitos reabrindo o comércio em algumas cidades aqui perto, mas quero saber se os munícipes dessas cidades vão ser atendidos nas suas cidades? O Prefeito de Londrina está sofrendo uma pressão enorme para reabrir e se manteve firme, então os prefeitos irresponsáveis que reabriram o comercio, que sejam responsáveis de cuidar dos seus doentes nas suas próprias cidades.

    Resposta
    • 08/04/2020, 17:55 em 17:55
      Permalink

      247 NOVOS BARNABES NA UEL?
      2 NOVOS FUNCIONARIOS POR LEITOS?

      Resposta
  • Pingback: Hospital de Campanha para Londrina: projeto inicial está com o vice-líder do governo - Tiago Amaral - Deputado Estadual

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: