Justiça nega romper colaboração de delator de Beto Richa

do Antagonista

O juiz José Daniel Toaldo, da 9ª Vara Criminal de Curitiba, negou pedido do empresário Luiz Abi Antoun para anular o acordo de colaboração premiada do ex-deputado estadual do Paraná Antônio Celso Garcia, que delatou o ex-governador Beto Richa.

A rescisão da delação foi pedida por Antoun, que é primo de Richa e réu na Lava Jato. Toaldo reforçou que o entendimento dos tribunais superiores é de que não cabe ao delatado questionar o acordo do MP com delatores.

O magistrado considerou ainda que não existem evidências, ou sequer indícios, de que o Ministério Público tenha tido acesso aos eventuais trechos ou arquivos sonegados pelo colaborador.

“Também não há evidência de que, após a entrega do material, este tenha sido adulterado. Portanto, verifica-se que o alegado pela defesa não se enquadra na chamada quebra da cadeia de custódia. O que requer a defesa é o exame de mérito dos aludidos áudios”, escreveu.

Para Toaldo, a defesa quer pular etapas processuais e examinar no mérito os áudios. “Todavia, não é conveniente aferir, na presente fase processual, a relevância de tais áudios para
formação de convicção do juízo, seja para usá-los, seja para exclui-los”.

3 thoughts on “Justiça nega romper colaboração de delator de Beto Richa

  • 28/01/2020, 17:54 em 17:54
    Permalink

    Luiz Abi Antoun, volta querido, prova que és inocente.
    Faça como Deonilsin Roldo enfrente, não seja maricas.
    Volta querido.
    O juiz Nanuncio te promete que poderás ir a Ciudad dei Este ver o turquinho da Sax.
    Venha para ver a Justiça triunfar.
    Não seja como o Carlos Ghosn que fugiu e Quer virar presidente do Líbano.
    Contente-se em eleger teu primo Gustavo Richa a vereador.
    Volta.

    Resposta
    • 30/01/2020, 08:44 em 08:44
      Permalink

      Até onde sei esse tal de Toni não é nenhum um pouco confiável , desse a época do tal consórcio já ficou provado o caráter desse indivíduo ,Mas se o nobre magistrado acredita fielmente nesse “ser” fazer o que …na época o magistrado provavelmente não precisava comprar consórcio pra ter carro… Justiça foi e está sendo generosa demais com essa figura nefasta, não existe credibilidade alguma no que esse sujeito diz ou faz …

      Resposta
      • 30/01/2020, 11:09 em 11:09
        Permalink

        Se Toni Antonio Garcia não é confiável por que Beto Richa e Luiz Abi e Deonilson Roldo (já condenado) não paravam de o chamar de AMIGO.
        E até Betinho Piloto andava no carro dele para ser gravado.

        Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: