Moro será investigado pelo CNJ

O juiz Sérgio Moro é alvo de 12 representações que pedem ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), para ver se o juiz cometeu infrações. Nove representação são relativas a interceptação de um telefonema do ex-presidente Lula com a atual presidente, Dilma Rousseff, ambos do PT. Os pedidos foram apresentados por sindicatos, advogados de várias partes do Brasil e um vereador ligado ao PT. Outra representação envolve 14 senadores – entre eles Gleisi Hoffmann, Humberto Costa e Lindbergh Farias-, investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no caso Lava Jato.

Deixe uma resposta