O que se passa nas categorias de base do LEC

Voltando ao tema das categorias de base do Londrina Esporte Clube – http://bit.ly/2Ed4boY – anunciou-se recentemente a parceria entre empresários do futebol – Sergio Malucelli, dono da SM Sports com sociedade com o uruguaio Juan Figer Svirski, e do ex-jogador uruguaio Marcelo Lipatin, proprietário do novíssimo Hope Football Club em Curitiba, para a disputa das categorias Sub 11, Sub 13, Sub 15 e Sub 17 nas competições organizadas pela Federação Paranaense de Futebol, em matéria do Redação em Campo – http://bit.ly/2Eu6F1N

Nada contra a parceria entre os dois empresários de jogadores e do técnico Ricardinho e seu auxiliar e irmão Rodrigo Pozzi (donos da Ricardinho Sports), mas sabe-se que os jovens daqui ficariam restritos a disputas regionais sem a chancela da FPF, enquanto os curitibanos disputariam todas as oficiais.
Detalhe: quem acessa o endereço do time Hope encontra-o no Clube Mercês, ao lado do Bosque Italiano em Santa Felicidade (Rua Valério Haisi 262 http://bit.ly/2EvH48D).
Em 2015 Sergio Malucelli chegou a ser sondado para assumir o Figueirense (http://bit.ly/2sgw4XY) e vive momentos de tensão explícita quando é cobrado pela imprensa e torcedores do Tubarão.
Desde 25 de janeiro o Hope anunciava a parceria – http://bit.ly/2Ec5FvI e o anúncio oficial foi no dia 5 de fevereiro.
Então resta-nos acompanhar o desenrolar da parceria entre os empresários de jogadores (Lipatin é agenciador do Jonatas Belusso, Claudio Tencati, do próprio Ricardinho e mais alguns do Londrina http://bit.ly/2H03flS http://bit.ly/2EsanZD), enquanto perdure o contrato de gestão entre o Londrina e SMS Sports, além da ‘terceirizada’ Lipatin Sports.
Já as Escolinhas do Londrina continuam sendo franqueadas pelo time mas não disputarão os campeonatos oficiais da Federação Paranaense de Futebol, e vai saber o que pensa o Conselho Representativo do clube.

2 comentários em “O que se passa nas categorias de base do LEC

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: