Operação Publicano

Cerca de 15 auditores da Receita Estadual, são acusados do esquema de propina. Eles sonegavam tributos estaduais, ao longo dos cinco anos, pelo menos R$ 8,4 milhões e mais de 20 empresas. De acordo com o Gaeco, até 50 empresas podem estar envolvidas. Os promotores do Gaeco, em 147 páginas narram 70 fatos criminosos, dos quais 23 são enquadrados  como corrupção passiva tributária.

Deixe uma resposta