Para renovar contrato, Sanepar terá que cumprir metas

Está nas mãos do prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff o estudo sobre a renovação ou não do contrato com a Sanepar. O documento, elaborado por uma comissão de estudos da prefeitura, impõe metas a Sanepar, coisa que não existe no atual contrato.

“São 27 metas técnicas, comerciais e gerenciais que sugerimos que sejam cumpridas caso haja renovação”, disse o assessor especial da Prefeitura, Carlos Geirinhas.

Um comentário em “Para renovar contrato, Sanepar terá que cumprir metas

  • 22/10/2015, 11:01 em 11:01
    Permalink

    Assessor especial…Aí é ora acabar…

    Resposta
  • 22/10/2015, 19:12 em 19:12
    Permalink

    Prefeito, a gente conhece essa estorinha desde os tempos dos contratos do governador Lerner com as concessionárias de pedágio. A única coisa que a Sanepar tucana cumpre é a distribuição de lucros para os franceses.

    Resposta
  • 23/10/2015, 08:11 em 08:11
    Permalink

    Vale lembrar que Londrina recebeu cerca de R$ 100 Milhões de reais em investimento na duplicação da Estação Tibagi 2 nos últimos 3 anos. Isso garante água potável na cidade até 2030.

    Resposta
  • 24/10/2015, 10:38 em 10:38
    Permalink

    O prefeito não consegue nem tirar as pombas do bosque e do resto do centro e quer bancar serviço municipal de água… é de arrebentar…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: