Para Ricardo Barros, muitos brasileiros têm doenças “imaginárias”

do UOL

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse na sexta-feira (15) que a maioria dos pacientes que procuram atendimento em unidades de atenção básica da rede pública apenas “imagina” estar doente, mas não está. De acordo com o ministro, é “cultura do brasileiro” só achar que foi bem atendido quando passa por exames ou recebe prescrição de medicamentos, e esse suposto “hábito” estaria levando a gastos desnecessários no SUS (Sistema Único de Saúde). Entidades médicas criticaram a fala de Barros. (leia mais)

7 thoughts on “Para Ricardo Barros, muitos brasileiros têm doenças “imaginárias”

  • 17/07/2016, 15:11 em 15:11
    Permalink

    De onde esse ministro chinfrim, escolhido pelo traidor Michel Temer, tirou essa ideia? Do setor de saúde, ele deve entender mesmo é dos interesses dos planos de saúde, já que é desse setor que o ministro obteve doação para sua campanha a deputado federal. Vai ver que algum médico do partido do Ricardo Barros criou essa teoria que ajuda o governo golpista a tirar dinheiro da saúde. Seria, por acaso, o deputado doutor Marcelo Belinati? Em 3 de junho, o ministro e o deputado Belinati ficaram um bom tempo juntos aqui em Londrina. O ministro (sic) veio a Londrina inaugurar o setor de endoscopia do Hospital do Câncer, financiado pelo Ministério da Saúde (quando a presidente era Dilma mas ninguém se lembrou desse detalhe). Quem sabe nesse dia surgiu a teoria de que brasileiro tem uma saúde de ferro mas pensa que vive doente.

    Resposta
  • 17/07/2016, 17:10 em 17:10
    Permalink

    Já que estamos falando em doenças, os brasileiros que apoiam o governo Temer – do qual o ministro do partido do deputado Marcelo Belinati é um exemplo perfeito – devem ser masoquistas.

    Resposta
  • 18/07/2016, 08:06 em 08:06
    Permalink

    isto e um velhaco, doido para meter a mão no jarro.

    Resposta
  • 18/07/2016, 09:07 em 09:07
    Permalink

    Ricardo Barros é o mentor e pagador das campanhas dos Belinati. E o Marcelo Belinati é refém deste frankenstein da nossa política. Que Deus livre Londrina das mao$ desta gente.

    Resposta
    • 18/07/2016, 11:48 em 11:48
      Permalink

      E o Michel Temer é parceiro do partido do Ricardo Barros no golpe assim como o governador Beto Richa. Logo, Michel Temer, Ricardo Barros e Beto Richa tudo farinha do mesmo saco.

      Resposta
  • 18/07/2016, 18:06 em 18:06
    Permalink

    Não misture a conversa, Costinha, o espertalhão do Ricardo Barros é parceiro de todos os governos, inclusive do Lula e da Dilma. Aliás, ele já deu muitos golpes do PT.

    Resposta
    • 19/07/2016, 10:39 em 10:39
      Permalink

      Posso dar meu palpite? É verdade, o PP é um partido fisiológico e foi da base aliada dos governos Lula e Dilma. Também é verdade que o PP deu muitos golpes no PT. O último foi se aliar aos golpistas para afastar uma presidente eleita democraticamente e na qual não se imputa qualquer crime. Hoje o PP é forte aliado do Beto Richa e do Temer. Como todos agora conhecem o modus operandi do PP, com certeza Beto Richa e Temer são coniventes com a forma de agir desse partido. Mas ainda assim existe uma diferença entre o PP apoiando as medidas populares do governo Lula e Dilma e o PP agora apoiando medidas exatamente contra os interesses populares. O Costinha está certo: o PP do Ricardo Barros, o PMDB do Temer e o PSDB do Beto Richa é tudo farinha do mesmo saco. E o povão que se prepare: esses três, se o golpe se concretizar no senado, virão com medidas pra ferrar o povo de verde e amarelo! Se você pertencer à elite do país, fique tranquilo, tudo virá em seu benefício. Mas se você for da classe média pra baixo (como eu), vai se ferrar.

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: