Recesso + férias = abuso

O novo presidente da Câmara de Londrina, Fábio Testa (PPS), vai ter que enfrentar alguns problemas mais pueris a partir de janeiro, quando assume a Casa.

Há um desconforto entre alguns funcionários comissionados e concursados. Ocorre que todos têm direito a férias como qualquer trabalhador, mas acontece que alguns comissionados – não todos, lógico – além das férias normais, “entram em recesso”  quando os seus assessorados não estão por perto.

A situação anda incomodando a galera.

2 comentários em “Recesso + férias = abuso

  • 26/12/2014, 17:03 em 17:03
    Permalink

    Pela postura do nobre vereador enquanto líder do prefeito, não fará nada não saberá de nada e tudo mais acredita-se e renúncia

    Resposta
  • 26/12/2014, 20:51 em 20:51
    Permalink

    É Claudio chega ser absurdo, tem alguns assessores que tem banco de horas!!! Se acha que pode isso?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: