Sercomtel diz isso e faz aquilo

No final da gestão de Alexandre Kireeff a Sercomtel possuía 2 cargos em comissão, mas em abril de 2017 – já na administração Marcelo Belinati – passaram a ser 6, e no último mês de maio o conselho da telefônica autorizou a criação de mais 3 cargos comissionados, conhecidos pelo codinome de Assessores Especiais, mesmo após o anúncio de medidas restritivas na empresa e do rombo orçamentário.
A sócia minoritária Copel que possui 8.453 empregados não possui nenhum assessor especial, conforme informa o seu site (http://bit.ly/2waddf3).

No governo federal o Ministério Público do Trabalho (MPT) firmou com os Correios, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que prevê a extinção de todos os cargos de assessores especiais até 2018. A grande maioria das estatais, por recomendação dos órgãos de controle externo já extinguiram seus cargos em comissão.
Nos corredores da Sercomtel, o papo é, o Conselho autoriza a criação de mais cargos comissionados e delibera pela manutenção do reajuste zero para os servidores da casa, recomendando ainda a redução para R$ 8 reais do vale alimentação, como aconteceu na última e polêmica reunião do conselhão de Luiz Adati, presidido por Junker Grassioto, ex candidato a vice pelo PSDB ao lado de Marcelo Belinati em 2012. (http://bit.ly/2waq7ty)
Enquanto isso, anuncia um programa de contenção de gastos e desperdícios em rede estadual de notícias. Dá para entender? http://bit.ly/2vInq5o

7 thoughts on “Sercomtel diz isso e faz aquilo

  • 07/08/2017, 15:10 em 15:10
    Permalink

    1) Implantação de cargos em comissão na estrutura organizacional da empresa;
    2) Autorização para ingresso de ação judicial em face do Município de Londrina –
    pendência de empréstimos concedidos ao acionista;
    3) Aprovação da requisição nº 35446, no valor de R$ 3.500.000,00 (três milhões e
    quinhentos mil reais), destinada a contratação de plano de saúde dos empregados
    através de processo licitatório;
    4) Avaliação da atual situação financeira e mercadológica da empresa; 5) Solicitação à
    Diretoria para elaboração de estudos de cenários e estratégias para recuperação
    financeira e mercadológica da empresa;
    6) Definição de cronograma com atividades e prazos para apresentação de Plano de
    Recuperação Financeira e Mercadológica aos acionistas;
    7) Esclarecimento sobre o plano de previdência privada complementar;
    8) Apresentação de Relatório da auditoria interna.

    Resposta
  • 07/08/2017, 16:06 em 16:06
    Permalink

    Imagem é tudo

    O prefeito Marcelo Belinati (PP) está preparando sua equipe de marketing político com esmero pois contratou, pela empresa de telecomunicações Sercomtel, a jornalista Carla Sehn, que chefiou a Comunicação Social da então vice-governadora Emília Belinati, tia de Marcelo, e o ex- diretor executivo do grupo RIC Record, Luciano Kuhl (também ex-gerente comercial da Folha de Londrina). A administração Belinati já teve dissabores na queda de dois secretários municipais: o de Meio Ambiente (advogado Camilo Vianna) e da Cultura (músico Clodoaldo Moraes). Também carrega a recomendação do Ministério Público Estadual para a demissão do secretário de Saúde, médico Luiz Khoury, por não ocupar o cargo em tempo integral como determina a lei orgânica da Saúde. Pelo andar da carruagem a nova equipe vai ter muito trabalho pela frente.

    http://www.zebeto.com.br/imagem-e-tudo/comment-page-1/#comment-118213

    Os aplausos de ontem
    Acordei pela manhã cheio de esperança, naquela época meu ordenado não me permitia muitos luxos, mas coloquei minha camisa e meu sapato de discoteca, afinal de contas, o evento prometia ser grande. Todos nós haviamos sido convidado para o evento que mudaria para sempre a nossa empresa! Nos corredores o clima era de euforia. No palco uma mesa grande, uma faixa enorme dizia “Parceria Estratégica” , lembro do belo símbolo da gestão municipal; uma flor. A expressão “Cidade de Londrina” estava decalcada em branco sobre o fundo azul. Via-se ainda a reluzente logomarca da Sercomtel, do Governo do Estado e da Copel. Na mesa decorada com flores, as falas eram efusivas, os apalusos seguiam o ritimo dos discursos, participavam da solenidade o prefeito de Londrina, Antônio Belinati, o presidente da Sercomtel, Rubens Pavan, com o seu terno italiano e a barba meticulosamente aparada, o presidente da Copel, que hoje nem mais lembro o nome, o Governador da época, a vice-governadora, Emília Belinati, e outras autoridades. A promessa há vinte anos atrás era de parceria estratégica, de fibras ópticas por todo o estado, de crescimento e pujança! Ao final do evento, o ponto alto, o “Seo” Antônio anunciou um aumento salarial para os “valorosos” servidores da Sercomtel, o auditório veio abaixo, com gritos e aplausos, não sabiamos que ali se concretizava o maior escandalo de corrupção da nossa ciadade, e que nos faria andar cabisbaixo, justo no início dos anos 2000, o milênio da tecnologia. Acordei novamente no dia 17 de janeiro, não coloquei a melhor roupa, usei a do dia a dia mesmo, dirigi-me ao auditório sem a esperança de outrora, e ouvi os mesmo discursos, as mesmas esperanças, agora com sentido “vazio”, a mesma história dos grupos, aliás, todo gestor adora nos reunir em grupos com a tarefa de encontrar uma solução para a empresa, com a advertência de que o custo deve ser o minímo possível, com o mais rápido e garantido retorno, nos lembram a todo instante que não podemos errar, quando a Apple errou milhares de vezes, até acertar uns poucos produtos que fizeram o seu sucesso. A mesma história do corte de custos, já cortaram o café, a segurança, as pessoas, agora querem cortar até a esperança. Eles não sabem que a simples emissão de uma passagem para uma reunião importante na Anatel é analisada pela diretoria financeira, cuja primeira pergunta é: você não poderia participar por audioconferência??? Se eu solicito a passagem é porque a reunião é presencial, ora bolas. O que me entristece é ver pessoas que vi no primeiro evento voltarem como assessores, me pergunto, seremos novamente utilizado como instrumento de propaganda institucional governista??? Ou controle social da mídia???
    (http://www.zebeto.com.br/imagem-e-tudo/#.WHjUlMvJ3qA ).
    No fundo, eu queria ser surpreendido, bem no fundo, eu tinha “a” esperança, pois a Sercomtel é tudo pra mim e minha família, eu queria ouvir propostas concretas, queria ouvir frases assertivas sobre a empresa e o setor de telecomunicações, mas não, ficamos nos discursos efusivos e bem construídos do passado. Mas aqui dentro, algo me diz, que eu e meus colegas vamos atravessar mais uma gestão, pois somos Mais Sercomtel, somos a Família Sercomtel, somos resilientes, e no final sobreviveremos, de uma forma ou outra, sobrevivemos.
    (Servidor anônimo)

    Resposta
  • 07/08/2017, 17:37 em 17:37
    Permalink

    deixe estes caras virem com propostas de aumentar o IPTU,para equilibrar o orçamento, nós saberemos mandar onde eles devem tomar…..como dizia um amigo alguns irão adorarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr.

    Resposta
  • 07/08/2017, 22:00 em 22:00
    Permalink

    com alguns concursados escondendo informação, jogando contra porque ficaram sem cargo e ficam dia inteiro fazendo intriga em vez de trabalhar, da pra ver porque tanto asessor

    Resposta
  • 08/08/2017, 08:12 em 08:12
    Permalink

    O Anônimo ali em cima deve ser assessor, só pode! Hahahaha.
    E se for assessor deve ser mulher porque quase todos são.
    Querida deixa eu falar então:
    Quem esconde informação não são os concursados que só ficaram sabendo pela imprensa que a Anatel quer cassar a concessão da Sercomtel e a maioria nem sabe qual é o tal plano pra salvar a empresa.
    O que causa intriga é ter seu emprego no bico do urubu ficando na mão de meia dúzia que levou seis meses pra ter coragem de falar com os concursados. Trabalhem direito que os concursados garantem embaixo

    Resposta
    • 08/08/2017, 13:51 em 13:51
      Permalink

      Sabe de nada inocente. Como falei, alguns concursados e não todos. Tem concursado bom e concursado ruim que ningúem mexe, tem diretor bom e outro mais ou menos. E tem alguns concursados que tem dado importante mas não passou pra ninguém ou passou dado errado. Se quer salvar o seu emprego olha pro seu trabalho e ve se vc ta fazendo o maximo, olha pros lados pra ver onde da pra enxugar despesa e aumentar receita, cobra dos seus superiores os resultados e as informações. E torce pra quem ta tentando sabotar a empresa não conseguir.

      Resposta
  • 08/08/2017, 21:57 em 21:57
    Permalink

    EXTRA! EXTRA! Hoje na Rádio peão, circulava a informação sobre valor do ticket refeição a, preste atenção, a R$ 8,00 (oito reais). Só pode ser brincanagem. Com a palavra, a NAIR e o MÁRIO. Vcs concordam??? É muito cruel se for verdade.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: