Sim, pela CPI da Receita do Paraná, mas que não seja milongueira

E o deputado estadual Requião Filho (PMDB) quer que a Assembleia Legislativa do Paraná (veja aqui) aprove a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os rolos que estão acontecendo na Receita Estadual do Paraná.

E ele tem razão. É preciso urgentemente saber o que está pegando.

Só para lembrar, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), prendeu em janeiro o auditor fiscal Luiz Antônio de Souza, acusado de enriquecimento ilícito e exploração sexual de menores. O desdobramento da investigação levou também para a cadeia os ex-delegados da Receita, José Luiz Favoreto e Marcio de Albuquerque Lima.

Vamos ser sutis, além da investigação sobre crimes sexuais, há um descompasso entre o patrimônio dos investigados e os salários deles. O Gaeco já convocou e ouviu empresários que acusam o grupo de achaque.

Segundo Requião Filho, Luiz Abi, o primo bomba do governador – que Richa diz ser um parente beemmm distante, mas que foi seu assessor na Assembleia Legislativa e cuja mulher é vice-presidente da telefônica Sercomtel – teria indicado vários cargos na Receita e em outros órgãos do governo.

Uma CPI, se for correta e não aquelas milongueiras como as do Pedágio, pode esclarecer muita coisa.

 

 

Um comentário em “Sim, pela CPI da Receita do Paraná, mas que não seja milongueira

  • 18/03/2015, 11:36 em 11:36
    Permalink

    Principalmente o fato da filha do Heron Arzua, atual assessor parlamentar do pai do indigitado deputado estadual, que nem é requião filho, e ex secretário da Fazenda atuar no Conselho de Contribuintes e ter um escritório na SEFA em Curitiba durante tanto tempo.
    Por que será que ela pediu exoneração quando Richa assumiu o cargo?
    Poderia perguntar por que Heron Arzua é advogado tributarista da Casas Pernambucanas e tantos supermercados grandes de Curitiba, mesmo sendo Secretário da Fazenda.
    Atuava contra o Estado no governo Requião?
    Vai sobrar para os fiscais do Requião…

    Resposta
  • 18/03/2015, 11:55 em 11:55
    Permalink

    Este deputadinho também deveria esclarecer os dólares que sumiram da casa do tio dele, os desvios no Porto de Paranaguá, as viagens da família a Paris e os cavalos de raça da sua excelência Roberto Requião tratados com dinheiro público.

    Resposta
  • 18/03/2015, 13:45 em 13:45
    Permalink

    Se essa CPI sair, já estaremos no lucro. O governador continua com a chave do cofre e a caneta que nomeia. Assim, se sair, será controlada pela trupe do governador, pela ironicamente chamada “bancada do camburão”. Vamos torcer para que a oposição tire leite de pedra…

    Resposta
  • 18/03/2015, 20:40 em 20:40
    Permalink

    Isso já era pra ter saído a tempos, não precisa muito pra ver que alguma coisa tá errada.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: