Tribunal de Justiça absolve Kurica Ambiental e ex-promotora de meio ambiente

O juiz Marcos José Vieira, do Tribunal de Justiça do Paraná, absolveu a empresa Kurica Ambiental e seu presidente Marcello Almeida de Oliveira da acusação de improbidade administrativa. Também foi absolvida a ex-promotora de meio ambiente Solange Vicentin.

Para relembrar o caso, no governo do prefeito Alexandre Kireeff, o Ministério Público de Londrina ingressou com uma ação de improbidade administrativa contra a promotora Solange Vicentin, o empresário Marcello Almeida de Oliveira e a empresa Kurica Ambiental. O Ministério Público alegou que a então ré Solange, secundada pelo corréu Marcello Almeida de Oliveira, teria durante uma reunião na prefeitura defendido os interesses privados da Kurica, constrangendo o então prefeito e o diretor-presidente da CMTU-LD (José Carlos Bruno) com pedido de contratação direta da aludida empresa.

O juiz Marcos José Vieira entendeu que não ficou comprovada a denúncia.

Veja a decisão:

 

 

Deixe uma resposta