Operação Publicano: Ex-auditor fiscal entrega mais bens à Justiça e delação é homologada

O juiz da  3ª  Vara Criminal de Londrina,  Juliano Nanuncio, decidiu acatar o pedido da defesa do delator da Operação Publicano, o auditor fiscal Luiz Antônio de souza, e homologou hoje o acordo de delação premiada.

O acordo de delação havia sido desfeito depois que o Ministério Público acusou o auditor de estar chantageando empresários mesmo depois de preso.

 

No novo acordo, Luiz Antonio de Souza é obrigado a entregar outros bens que foram adquiridos através da corrupção. Além de uma fazenda que já fazia parte do acordo anterior, Souza entrega para a Justiça uma sala comercial na Gleba Palhano, outra na Avenida São Paulo, metade de um barracão industrial – todos em Londrina – mais uma casa comercial em Maringá. Também ficam com a justiça os cerca de R$ 350 mil encontrados em contas bancárias dele.

Segundo o advogado Eduardo Duarte Ferreira o acordo ficou um meio termo entre o que a defesa queria e o que o Ministério Público desejava. Desta forma Souza agora passa a ratificar tudo o que disse na fase de investigação.

Traduzindo: casas irão cair.

, , , ,

Extra! Extra! Empresa de Brusque pede suspensão da licitação do lixo em Londrina

A empresa WR Serviços Ltda, da cidade de Brusque, Santa Catarina, protocolou, agora há pouco na Companhia Municipal de Tránsito e Urbanização de Londrina, um pedido de impugnação do edital de pregão presencial n° 013/2017-FUL, traduzindo: a licitação para a coleta e destinação do lixo urbano de Londrina.

A empresa apresenta vários questionamentos.

Veja: (mais…)

, , , ,

Vereador que disse que há lobotomização na Universidade Estadual de Londrina é alvo de carta de repúdio

E o vereador Filipe Barros (PRB) de Londrina continua colecionando adversários e mais alguns inimigos. Agora um grupo de professores universitários, alunos e servidores, está organizando um abaixo assinado, aliás uma carta de repúdio (veja aqui) à escolha do vereador como representante da Câmara no Conselho Universitário da Universidade Estadual de Londrina.

Filipe Barros já se envolveu em várias polêmicas com os universitários e professores da UEL. Em uma delas disse que na UEL há alunos “lobotomizados“. VEJA AQUI

Leia o texto da Carta de Repúdio: (mais…)

, , , , , , , , , , , ,

Passe Livre: Maioria quer que ele seja para todos os estudantes

O Passe Livre será um dos temas que a prefeitura de Londrina e a Câmara de Vereadores devem começar a discutir nas próximas semanas.

Para contribuir com a discussão este modesto – mas nem tanto – blog, fez uma enquete para saber a opinião do leitor.

O resultado apurado foi este: (mais…)

, , , , ,

Direitos Humanos nas mãos do polêmico vereador Filipe Barros

E para encerrar os posts sobre as comissões permanentes da Câmara de Vereadores de Londrina, outra que chama a atenção é a de Direitos Humanos e Defesa da Cidadania.

Ela será presidida pelo vereador Filipe Barros do PRB. Fã declarado de Jair Bolsonoro e leitor de Olavo de Carvalho, Barros vem colecionando bate-bocas intermináveis com grupos de esquerda de Londrina. (mais…)

, , , , ,

Passe Livre: É do Couro que Sai a Correia

Por Major Adalberto

Ao invés de discutirmos o Passe Livre Estudantil, de uma maneira ampla, proponho debatermos a respeito do PASSE LIVRE SOCIAL ESTUDANTIL, apenas por uma questão simples de iniquidade.

Se liberarmos o Passe Livre a todo e qualquer estudante de forma indiscriminada, tendo em vista que os custos para ceder tais benefícios saem do mesmo lugar, o imposto pago pelos cidadãos, poderíamos dizer que seria justo que o imposto pago pelo pai do estudante de origem humilde, que recebe um salário mínimo, pague pelos custos da passagem do estudante cujo pai tem condições financeiras de pagar pela passagem do próprio filho? (mais…)

, , , , , ,

Kireeff cria site para esclarecer sobre sua gestão

Como tinha certeza que iria levar umas tijoladas no início da atual administração, o ex-prefeito de Londrina Alexandre Kireeff, resolveu fazer uma prestação de contas para a população.

E, como é apaixonado pela internet, colocou no ar o site http://gestaokireeff.com.br/. Nele o ex-prefeito coloca, tintim por tintim o que considera as melhores ações de sua administração.

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Revelações da Operação Quadro Negro complicam a vida de Richa

Do Cícero Cattani

Segundo reportagem publicada no site deCartaCapital, o esquema, afirmam testemunhas, abasteceu a campanha do governador e de seus aliados nas últimas eleições. Agora, os investigadores querem saber como o dinheiro foi movimentado…Depois da partilha, o restante da quantia era enviado ilegalmente para fora do Brasil por meio de um doleiro, ainda não identificado. Sabe-se apenas que o homem de prenome Rui frequentemente levava dólares e euros à sede da construtora. O doleiro levaria as notas amarradas na perna e saía sempre portando uma mala.” (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Belinati vai anunciar déficit de R$ 120 milhões

Depois de muitas contas feitas, o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati vai anunciar, oficialmente, que a expectativa de déficit para dezembro de 2017, se nada for feito, é de R$ 120 milhões.

Segundo Belinati, não é um valor que pode ser atribuido exclusivamente à administração anterior. “É um valor que vem de várias administrações e se chegou a esse número, seja por circustâncias da economia, erros administrativos, crise e outras variáveis. Por isso, teremos que tomar medidas amargas e impopulares. Mas iremos tomar”, disse o prefeito ao blog.

Entre as medidas está a eliminação de aproximadamente 200 funções de chefia – que acrescentam valores aos salários de funcionários -, redução do número de secretarias e departamentos e contenção do número de cargos comissionados.

, , , , , , , , , , , , , ,

Londrina Esporte Clube pode perder o patrocínio da Sercomtel

E por falar em Sercomtel, a empresa deve reduzir ou cortar o patrocínio ao Londrina Esporte Clube. No ano passado o patrocínio rendeu ao Tubarão R$ 1 milhão. Como a empresa está passando por dificuldades financeiras, com várias medidas de contenção de despesas, a questão está na mesa da diretoria.

, , , ,

Exclusivo: Deir dos Santos, o homem que mudou a forma de como a Inglaterra sairá da União Europeia, é de Londrina

Deir dos Santos, o brasileiro que ingressou com um processo na Justiça Britânica contra a forma como estava sendo definida a saída da Inglaterra da União Europeia é de Londrina, Paraná.

Deir é cabeleireiro e mora em Londres, na Inglaterra há 13 anos. O londrinense, que tem cidadania inglesa, tem evitado a midia para não se expor muito. Segundo seus advogados, o cabeleireiro tem recebido ameaças de morte.

A ação levou a Justiça a decidir  que cabe ao Parlamento, e não ao governo, dar início ao divórcio entre Reino Unido e União Europeia.

Santos seria, assim, um dos responsáveis por atrasar ou mesmo inviabilizar a saída britânica. A outra parte é a empresária Gina Miller.

Will Amaro, porta-voz de Deir no Brasil, diz que o seu cliente não questiona o referendo realizado mas a forma como a saída da União Europeia estava sendo organizada.

O governo britânico perdeu o recurso interposto na Corte de Apelação pela primeira ministra do Reino Unido, Theresa May.  E hoje a Suprema Corte  decidiu que o Parlamento – e não o governo – deve iniciar o processo para o país sair da União Europeia, o chamado Brexit.

Em junho do ano passado 52% dos britânicos votaram para sair do bloco europeu. Dificilmente o parlamento vai mudar a decisão popular, mas pode atravancar o processo e adiar o prazo exigindo, por exemplo, emendas ao projeto do governo.

, , , , , , , ,

Miranda, zagueiro da Seleção, não esquece que a primeira oportunidade foi na Portuguesa Londrinense

Nascido em Paranavaí, o zagueiro da Seleção Brasileira, Miranda, hoje destaque na Inter de Milão, não esquece que a primeira oportunidade real no futebol aconteceu na Portuguesa Londrinense.

, , , , ,