Câmara decide na segunda se cassa o mandato dos vereadores da ZR3

Deu ruim para os vereadores de Londrina Rony Alves (PTB) e Mário Takahashi (PV). Os dois são acusados de improbidade administrativa, de terem recebido “benefícios” para aprovar mudanças de zoneamento em áreas da cidade e agora. Alvo de denúncias no Ministério Público (Operação ZR3) e também de uma Comissão Processante na Câmara.

Pois bem, ontem o vereador João Martins (PSL), relator da CP, entregou ontem o relatório final das investigações e sugere a procedência da denúncia. Ou seja: a CP encontrou indícios que sim, pode haver rolos na conduta dos dois. A outra alternativa seria o arquivamento.

Foi marcada para segunda-feira a sessão que vai discutir se cassa o mandato dos vereadores ou se os absolve.

Movimentos sociais da cidade, que defendem a cassação do mandato dos vereadores, se organizam para participar da sessão.

 

Um comentário em “Câmara decide na segunda se cassa o mandato dos vereadores da ZR3

  • 15/08/2018, 21:29 em 21:29
    Permalink

    A não ser que tenha a coragem de declinar os nomes dos outros , pois sem dúvida tinha muito mais nesta gatunagem.
    Agora a maior parte ficava com os dois pois era quem comandava a quadrilha.
    Será que não pode surgir nomes também de outros que não são vereadores , mas que tinha muita influência , para não dizer capacho de um certo politico em nossa cidade , e que já surgiu o nome em uma negociata com o governador?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: