Será que houve um "Dibre" nos que propuseram a emenda para resolver o Teatro Municipal de Londrina?

Tem umas conversas duras de engolir, mas tem outras que não dá mesmo.

Olha só que maluquice. O grande líder da bancada federal do Paraná em Brasília, o veterano Toninho Wandscheer, teria esquecido de incluir no orçamento do próximo ano uma emenda parlamentar coletiva dos deputados federais de Londrina destinando R$ 50 milhões para a conclusão do quase lenda urbana, Teatro Municipal de Londrina.

A informação foi divulgada durante a prestação de contas dos deputados federais a entidades representativas da sociedade civil londrinense.

Em vídeo, Wandscheer  pediu desculpas e disse que foi um erro da sua equipe e se comprometeu a incluir a emenda para o orçamento de 2025.

Iniciado ainda no governo do ex-prefeito Nedson Micheleti, a obra do teatro está parada há anos. Este blog, que é mais desconfiado do que vizinha fofoqueira, não acredita que o governo federal liberaria uma pacoteira deste tamanho para finalizar um teatro.

Mas a desculpa que houve um erro da equipe coloca em xeque todos os envolvidos.

Wandscheer, em seu terceiro mandato como deputado e líder da bancada há muito tempo, tem experiência de sobra para não cometer um erro destes.

Os deputados locais, nenhum deles novato, no mínimo deveriam ficar na cola para cobrar a inclusão e conferir se a emenda foi realmente incluída.

Como diria o velho peladeiro, fica a impressão que houve um “dibre” circense aí nesta jogada.

Compartilhe
Leia Também
Comente

Um comentário

  1. Jorge Luiz

    Tem um assessor em Londrina desse deputado chamado Bola. Ele que já foi assessor do ex deputado André Vargas PT. Esse rapaz gosta de sair em foto com autoridades.
    Será que também esqueceu …

  2. Dionisio

    Que mancada desse Bola?

  3. Glaucia

    Deputado bolsonarista não luta por verba para a cultura, e os deputados federais de Londrina são em maioria, bolsonaristas. Por isso, não se deu importância.
    E tomara que esses 50 milhões não venham, pois não seria utilizado para finalizar o teatro municipal.
    Vereadores bolsonaristas querem tirar verba da cultura para a saúde, defesa social, Fundação de Esportes.
    Teve um que disse absurdos sobre a cultura. CONFIRAM👇
    https://24h.com.br/cultura/vereadores-de-londrina-querem-retirar-r-32-milhoes-da-cultura/.

  4. Genildo

    Reflexo da relevancia politica de Londrina……….

    1. Ratonho

      a conversa mole foi de quem?
      Luisa Canziani de Londrina
      Diego Garcia de Andirá
      suplente sem emenda assinada Marco Brasil
      Ponto final.
      Eles estavam na reunião da chamada Bancada do Paraná?
      assinaram a ata da reunião? então concordaram com os termos.
      como cada um teria direito a 36 milhões de reais individualmente – os 3 poderiam dar 106 milhões e mais 10 milhões cada um na bancada paranaense.
      por que acusar os outros?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios