A doce vita de quem tem uma boquinha na Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial

Do Jornal da Cidade Online

Você já ouviu falar num órgão público denominado ABDI?

Trata-se da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, um órgão quase desconhecido, vinculado ao Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

A ABDI, por poucos conhecerem, fica praticamente oculta no sistema de transparência do governo federal.

Assim tornou-se um grande reduto empregatício de militantes petistas, principalmente daqueles que atuaram mais próximos à presidente Dilma Roussef na campanha à reeleição.

A agência paga hoje os maiores salários do poder executivo e são inúmeros os cargos comissionados.

Alessandro Golombiewski Teixeira, militante petista gaúcho, é o atual presidente do órgão. Foi ele quem coordenou o programa de governo na campanha à reeleição. Seu salário se aproxima de R$ 40 mil. (leia mais)

Um comentário em “A doce vita de quem tem uma boquinha na Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial

  • 01/03/2016, 11:21 em 11:21
    Permalink

    O cidadão que escreveu essa matéria certamente é daqueles que afirmam que “se é do governo, não presta”. O dono do Jornal da Cidade é notório coxinha. Já foi candidato por coligação com tucanos. Normal. Mas ajuda a gente a compreender a crítica. Os cargos a que ele se refere são de confiança. Normal que sejam ocupados por petistas ou simpatizantes do governo. Mas todos que estão lá na direção têm currículo para ocupar os cargos. Aliás, essa agência não está escondida. Qualquer um pode acessar os dados e os salários pagos. Quem está no governo nomeia pessoas de confiança para exercer cargos responsáveis pela política a ser implementada. Assim se compreende como no Paraná o governador nomeou o filho do deputado Hauly para exercer o cargo mais alto da Paraná Fomento com salário de mais de R$ 20 mil. Não iria indicar um petista obviamente.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: