Empresário playboy, ex-deputado estadual, Tony Garcia é abatido pelo pôquer

Tony Garcia, derrubado pelo pôquer

Você lembra daquele empresário playboy de Curitiba, o tal de Tony Garcia, ex-candidato ao Senado no final da década de 80, que quebrava cabeças de manequins na propaganda eleitoral?

Sempre tentou ser político e sempre esteve colado a políticos, inclusive ao governador Beto Richa, o qual considerava seu amigo.

Pois bem, a figura foi presa em Las Vegas, Estados Unidos, Conforme notícia na Gazeta do Povo o cara não teria conseguido pagar U$ 300 mil (aproximadamente R$ 1 milhão) que perdeu jogando pôquer em um cassino.

A família está recorrendo a amigos e empresários de Curitiba para pagar a aposta e a fiança. A informação é do blog de Reinaldo Bessa.
Tony Garcia foi deputado estadual e candidato a prefeito de Curitiba e ao Senado. Ele chegou a ser preso em 2004 pela Polícia Federal, acusado de gestão fraudulenta do Consórcio Garibaldi, que teria passado para trás centenas de pessoas, e desvio de recursos que estão em sua posse para proveito próprio.

4 comentários em “Empresário playboy, ex-deputado estadual, Tony Garcia é abatido pelo pôquer

  • 28/12/2016, 23:34 em 23:34
    Permalink

    este pilantra enganou muita gente por aqui, la nos states a coisa muda de figura.

    Resposta
  • 29/12/2016, 10:19 em 10:19
    Permalink

    É só ameaçar dizer que fazia troca-troca com palacianos na sauna de hotel chique de foz que voa dinheiro pra ele.

    Resposta
  • 30/12/2016, 20:40 em 20:40
    Permalink

    O Anthony Garibaldi se esqueceu de que na Terra do Trump que dá 171 vai em cana. Bem diferente daqui, onde o malandro rouba, mata, sequestra, dedura os comparsas e vai puxar cana em casa, onde vai cumprir prisão domiciliar naquela mansão comprada com o fruto de roubo e corrupção.

    Resposta
  • 27/02/2017, 08:42 em 08:42
    Permalink

    Esse cara vive de fachada, ainda deve aos cofres públicos e tem uma ação em execução para cobra 30 milhões dele roubados do consórcio GARIBALDI aonde fez sua fortuna indevida.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: