Espetos nos tachões

Há algumas semanas a empresa contratada para obras no entorno do lago Igapó 2 descolou os tachões que separam a pista de caminhada e ciclismo da pista para os carros.

No lugar dos tachões, colocados ainda no governo Barbosa Neto, serão instaladas floreiras.

O problema é que os tachões não foram retirados da pista de ciclismo que também é usada por pessoas que correm, crianças brincando, etc.

E nestes tachões há hastes de metal que antes ajudaram a afixar os ditos cujos no asfalto.

Pensa no risco que é alguém se estrepar num deles…

One thought on “Espetos nos tachões

  • 17/02/2021, 16:20 em 16:20
    Permalink

    Irresponsabilidade do gestor responsável. Como permitir isso.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: