Fomento Paraná promove Seminário para Inovação Evento acontece em Londrina na próxima sexta-feira

Da Assessoria

A Fomento Paraná, instituição financeira de desenvolvimento do Governo do Estado, promove o Seminário “Crédito para Inovação” em Londrina, na próxima sexta-feira (20). No evento, serão apresentadas as linhas de financiamento para incentivo à inovação e o desenvolvimento tecnológico nas empresas paranaenses.
Também serão apresentados os fundos de capital semente Criatec III e Sul Inovação, dos quais a instituição é cotista, destinados a aportar recursos em empresas de tecnologia de grande potencial de crescimento em pouco tempo.
“Os fundos de participação são uma novidade interessante no circuito de inovação e mostram o pioneirismo do Paraná em investir em empresas de capital semente”, afirma Luiz Renato Hauly, diretor de mercado e relações institucionais da Fomento Paraná.
O público-alvo do evento são as empresas com foco em inovação e startups, além de entidades parceiras da Fomento Paraná, como universidades e associações regionais.
A região de Londrina é um polo importante de Tecnologia da Informação (TI) no estado e possui inclusive um arranjo produtivo local (APL) de TI, que compreende municípios desde Apucarana até Cornélio Procópio. São mais de mil empresas de informática instaladas na região.
CICLO – o seminário de Londrina é o primeiro de uma série de eventos relacionados à inovação que serão apresentados pela Fomento Paraná em polos estratégicos. Até o final do ano devem acontecer seminários também em Curitiba, Maringá, Toledo e Pato Branco.
R$ 80 MILHÕES – A Fomento Paraná atua no financiamento a empreendedores de micro, pequeno e médio porte e no financiamento aos municípios. Desde 2013, a instituição é credenciada pela Finep – Inovação e Pesquisa, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, com um crédito de até R$ 80 milhões para apoiar projetos de inovação no território paranaense.
O objetivo do Inovacred é oferecer financiamento a empresas que tenham receita operacional bruta anual ou anualizada de até R$ 90 milhões. Conforme destaca o diretor de mercado da Fomento Paraná, podem ser liberados recursos para empresas e instituições que tenham produto ou processo de produção inovador.
“É importante destacar que o programa é exclusivo para financiar a inovação, algo que não esteja disponível no mercado, ou que esteja recebendo uma melhoria significativa. As condições da linha são muito atrativas e não existe nada melhor no sistema bancário para quem está envolvido com a inovação”, explica Hauly.
INCENTIVO – A instituição paranaense é cotista em dois fundos de incentivo à inovação: o Criatec III e o Fundo Sul Inovação. O Criatec terá R$ 200 milhões para investimento em empresas inovadoras de alto potencial de crescimento em todo o país. A prioridade é investir em empresas dos setores de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC), agronegócio, nanotecnologia, biotecnologia e novos materiais.
O Fundo Sul Inovação, constituído em março de 2016, foi concebido com a premissa de levar oportunidades de investimento a empresas de tecnologia nascentes e emergentes do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O fundo terá até R$ 50 milhões para apoiar projetos de empresas da região.

SERVIÇO:
Seminário “Crédito para Inovação”
Local: Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL) – Rua Minas Gerais, 297 – Centro, Londrina/PR
Data e horário: 20/5/2016 – das 8h às 12h
Inscrições: http://goo.gl/forms/deiXq74Kdi
Mais detalhes pelo fone: (43) 3374-3000

5 thoughts on “Fomento Paraná promove Seminário para Inovação Evento acontece em Londrina na próxima sexta-feira

  • 17/05/2016, 20:55 em 20:55
    Permalink

    Mera campanha eleitoral de candidato a pré-candidato à prefeitura de Londrina. Quem for lá aproveita e pergunta pro Haulynho quanto custou a propaganda na Lookmidia com a foto dele e do Kyreeff? Será que o prefeito em descanso sabe que sua foto está sendo usada em propaganda pré-eleitoral descaradamente?

    Resposta
  • 18/05/2016, 08:05 em 08:05
    Permalink

    Escuta como tem sido auditado essa movimentação de recursos e escolha dos beneficiados? Quem fiscaliza?

    Resposta
  • 18/05/2016, 12:12 em 12:12
    Permalink

    Se não trabalha criticam, se trabalha arduamente em todo Paraná com palestras e importantes informações e crédito especial para pequenos empreendedores, criticam também. Então, Luiz hauly, siga em frente com seu excelente trabalho, as pessoas de bem reconhecem o seu potencial, e é isso o que importa.

    Resposta
    • 19/05/2016, 21:15 em 21:15
      Permalink

      E precisa trabalhar tanto para emprestar dinheiro a juros que é uma baba? E precisa o meninão ganhar mais de R$ 20 mil? Meu amigo, emprestar dinheiro a juros tão baixo, inclusive dinheiro do BNDES, o funcionário da Fomento Paraná não precisa mais do que mandar uma cartinha para os empresários oferecendo o produto.

      Resposta
  • 18/05/2016, 13:38 em 13:38
    Permalink

    Eleições chegando ai fazem de tudo para engabelar o povo. Coitado do do povo como bem disse Bertold Brecht: Miserável país aquele que não tem heróis. Miserável país aquele que precisa de heróis.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: