Indústria de Cambé está entre as cinco que mais faturaram vendendo medicamentos

Do Ricardo Boechat/Isto É
Saiu o ranking dos remédios mais vendidos no Brasil em 2015. Segundo a IMS Health, consultoria que audita o setor, o anti-hipertensivo Losartana Potássica (NeoQuímica) manteve o topo (R$ 641,8 milhões). Terceiro lugar em 2014, o anti-inflamatório Torsilax (também da NeoQuímica) agora é vice-campeão (R$ 511 milhões). Ganhou por pouco do Dorflex, da Sanofi (R$ 510,2 milhões). Destaque ainda para os 50% de crescimento na comercialização do genérico do Viagra da NeoQuímica – R$ 498 milhões. O quinto posto foi da Sinvastatina da Sandoz, com vendas de R$ 391,5 milhões.

Deixe uma resposta