Justiça condena Antonio Belinati e o sobrinho Dante Guazzi no caso Ama/Comurb

O juiz Emil T. Gonçalves da 2ª Vara da Fazenda Pública condenou hoje o ex-prefeito Antonio Cassemiro Belinati, o sobrinho dele Dante Belinati Guazzi e outros personagens acusados de envolvimento em fraude em licitação no período em que Antonio Belinati era prefeito. As fraudes ocorreram em 1998. O caso ficou conhecido como Ama/Comurb – porque envolvia a Secretaria do Meio Ambiente e a Companhia de Urbanização, hoje CMTU.

O esquema consistia em fraudar licitações para arrecadar dinheiro que, segundo alguns dos acusados, foi usado para pagar contas de campanha do então candidato a deputado estadual Antonio Carlos Belinati, filho de Antonio Belinati.

Eles foram condenados por improbidade administrativa a perda de função pública, devolução dos valores desviados,

1- Alexandre Sanches de Oliveira,

2-Antônio Casemiro Belinati,28

3- Cícero Jayme Bley Junior,29

4- Cláudio José Menna Barreto Gomes,30

5– Dante Bellinati Guazzi,31

6- Ecodata Engenharia e Serviços Especializados de
Computação S/C Ltda.,

7- Edson Alves da Cruz,32

8- Gino Azzolini Neto,

9- José Carlos Bahia,

10- Júlio Aparecido Bittencourt,

11- Mauro Maggi,33

12- Nelson Takeo Kohatsu34

13- Sistema Design Arquitetura e Urbanismo35

4 comentários em “Justiça condena Antonio Belinati e o sobrinho Dante Guazzi no caso Ama/Comurb

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: