Lula: se me prenderem, vivo herói

“A partir de agora, se me prenderem, eu viro herói. Se me matarem, viro mártir. E, se me deixarem solto, viro presidente de novo”, disse Lula a mais de um interlocutor.

Lembra a frase de Oscar Unzaga de la Vega, líder da Falange Socialista Boliviana, que foi assassinado pelo MNR, que era seu grupo político opositor e constantemente os denunciava por corrupção:

“El interes los une,
Los ata el crime,
Y el miedo los agrupa”

Livre tradução:

“O INTERESSE OS UNE,
O CRIME OS ATA,
E O MEDO OS AGRUPA.”

Deixe uma resposta