Os prejuízos causados pelas invasões de terra

O Paraná anda cada vez mais visado pelo MST e outras entidades ligadas aos trabalhadores sem terra. Desde o governo Requião, e agora no de Beto Richa, raras foram as reintegrações de posse determinadas pela Justiça e que foram cumpridas pelo governo.

Só da Usina Central do Paraná são mais de uma dezena de propriedades invadidas e que tiveram a produção suspensa dando prejuízos para as cidades em volta de Porecatu. Em Londrina até fazenda de pesquisa foi invadida, isso sem falar da Araupel, etc.

Agora o deputado federal Alfredo Kaefer está requerendo uma audiência pública na Câmara Federal, em Brasília, para discutir as invasões no Paraná. (leia mais aqui)

Deixe uma resposta