PCC planejava matar agente penitenciário de Londrina

Do Massa News

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná teve acesso a um documento do setor de inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Estado mostrando que a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) preparava uma ação para matar agentes penitenciários do Setor de Operações Especiais (SOE) de Londrina.

Na tarde de terça-feira (20), o agente Thiago Borges de Carvalho foi assassinado em uma emboscada logo depois de sair de um bate-grade na Penitenciária Estadual de Londrina (PEL 2). Além dele, outros dois agentes foram baleados em um carro caracterizado do governo do estado. (leia mais no Massa News)

Deixe uma resposta