PSL de Londrina. Tem tudo para virar briga no Tribunal Regional Eleitoral

Enquanto isso, no PSL de Londrina, tudo é um mistério.

O partido destituiu a comissão provisória no final do mês passado. Ela era comandada por Marcelo Urbaneja Filho. Esta Comissão havia marcado a convenção para o dia 12 de setembro.

A Comissão Provisória foi destituída e o então presidente Urbaneja Filho só ficou sabendo dias depois. A convenção do dia 12 acabou não acontecendo. Tudo estava se encaminhando para que o PSL local integrasse a coligação do candidato a prefeito Tiago Amaral. Aliás o grupo de Amaral foi responsável por montar a chapa de vereadores do PSL.

Segundo o estatuto do PSL é preciso divulgar com 5 dias de antecedência a data da convenção.

Hoje, dia 15, véspera do final do prazo para as convenções partidárias, o partido publicou na Folha de Londrina o edital de convocação para a Convenção que será amanhã.

O documento, assinado pelo deputado federal Filipe Barros, tem data do dia 13 (veja o documento abaixo).

O PSL de Londrina e o PTB dividem um bom numero de cargos comissionados na Prefeitura de Londrina.

PTB já fechou com Marcelo Belinati.

PSL vai ter candidato próprio?

 

One thought on “PSL de Londrina. Tem tudo para virar briga no Tribunal Regional Eleitoral

  • 15/09/2020, 22:21 em 22:21
    Permalink

    Se tiver é para negociar cargos. Dentre estes possíveis candidatos vai ser muito difícil escolher e corremos um sério risco de ser eleito um despreparado e aloprado . Infelizmente corremos este sério risco.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: