Radares em profusão… e a conta vai para…

No dia 13 de março a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização, a gloriosa CMTU, fara a licitação para a contratação de uma empresa que disponibilizará 43 novos radares para a alegria dos motoristas da cidade.

O valor máximo é de R$ 8.671.506,00 por 24 meses, o que dá um valor mensal estimado em R$ 722 mil.

Ou seja, cada radar vai ter que “faturar” R$ 17 mil por mês para se pagar, caso a licitação fique no valor máximo.

Se faturar mais, sobra uns trocados para a prefeitura. Se faturar menos, adivinhe quem, além dos infratores, vai ter que arcar com o preju.

 

Deixe uma resposta