Rodrigo Janot manda recado a Lula: “Ser ministro não livra ninguém da Justiça”

Entrevistado agora há pouco, na Suiça, o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, sobre as cobranças de Lula que o considera um ingrato, disse que o “Ministério Público tem que ter couro grosso e que ser ministro não livra ninguém da Justiça”. Disse ainda que se deve alguém o cargo que ocupa, é a sua família. “Sou concursado, tenho 32 anos de carreira, e estudei muito para estar aqui. Estamos numa República, ninguém está acima ou abaixo da lei”.

Deixe uma resposta