Histórias do Naym: “Um tiro na Bunda”

O ex-governador Ney Braga tinha fama de sedutor contumaz.

-Quando governador, nos anos 70, corria boato que um marido ciumento teria atirado no Ney e a bala atingira suas nádegas.

-Aborrecido e magoado com o boato que corria solto na boca do povo, Ney Braga reuniu em seu gabinete os assessores mais próximos, jornalistas, arriou as calças, mostrando a bunda, pergunta: “vejam vocês, se existe algum sinal de bala”. E não havia.

, , , , , , ,

A Igreja Universal e o abuso do poder religioso na eleição

No post Igreja dá um chega pra lá no deputado pastor Praczyk informa a jornalista Roseli Abrão que a Igreja Universal, dona do PRB, não vai permitir que o deputado pastor Praczyk seja candidato à reeleição pela sigla. A Universal está escalando outro pastor para a disputa e, óbvio, vai jogar todo o seu peso na eleição. (mais…)

, , , , , ,

Fala sério: Tudo caminha para um acertão para favorecer Cida Borgheti

Traiano e Cida – foto Assembleia

do Fernando Tupan

A candidatura da vice-governadora Cida Borghetti (PP) continua sem musculatura. Por mais que ela se dedique, frequente eventos, converse com prefeitos, articule com deputados, poucos aderiram a candidatura dela. Enquanto ela vem sem força, nos bastidores crescem as especulações de que ela poderia ficar com uma cadeira no Tribunal de Contas. Ela vem negando há mais de um ano essa possibilidade. Mas onde há fumaça, há fogo. Caso role a indicação, quem pode crescer é o atual presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano (PSDB), que concluiria o mandato de Beto Richa (PSDB) a partir de abril do ano que vem. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , ,

Ministério Público Federal pede o afastamento do ministro Ricardo Barros

do UOL

O MPF (Ministério Público Federal) em Pernambuco informou nesta segunda-feira (16) que solicitou o afastamento cautelar do ministro da Saúde, Ricardo Barros, por suposta influência política para transferir produção de derivados de sangue para o Paraná, seu Estado de origem. O pedido consta em ação civil pública contra a União que pede a manutenção do contrato firmado do governo com a empresa pública Hemobras (Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia).  (mais…)

, , , , , , , ,

Quem gostou da liberação da cervejota nos estádios levanta a mão

Quem vai tomar cerveja nos estádios? Richa sanciona volta da cervejota. foto; Jaelson Lucas / ANPr

Na presença de deputados e outras autoridades – uns com cara de quem gosta mesmo é de uisque 18 anos e nada menos – o governador Beto Richa sancionou hoje a lei que regulamenta a venda de cerveja e chope nos estádios durante jogos de futebol.

O projeto de lei, aprovado em 29 de agosto pela Assembleia Legislativa, foi proposto pelos deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli, Alexandre Curi, Stephanes Junior, Ademir Bier, Pedro Lupion, Márcio Pauliki, Tiago Amaral, Fernando Scanavaca, Márcio Nunes, Nelson Justus e Anibelli Neto, que também assinam a sanção. (mais…)

, , , , , , , , ,

Conversa Política com Paulo Briguet. Da esquerda para a Direita com algumas escalas

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

Quais os erros que a esquerda cometeu? Veja, a Esquerda no Divã

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

É, Ratinho, antes tarde do que nunca

Faça o que eu digo… Mas antes tarde do que nunca.

Pois é, só agora Ratinho Jr?

O Secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, deputado estadual Ratinho Júnior, que está deixando o governo, decidiu implantar ontem o programa de compliance no Paranacidade – o serviço social autônomo vinculado a Secretaria. “O programa de compliance traz mais transparência em todos os atos de gestão, estabelece normas e regras de conduta e de ética aos profissionais que fazem parte do Paranacidade”, disse Ratinho Junior que vai ser candidato ao governo em 2018.

Tá, mas só depois de anos e anos dentro do governo?

, , , , , , , , , , ,

Petistas programam manifestação pró Lula em Curitiba

Lula e o parça Palocci. Foto site EsquerdaDiário

Amanhã o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – cuja alcunha é “A Alma mais Honesta do Brasil” vai prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba.

Os petistas – aqueles que ainda acreditam e os que precisam acreditar – marcaram uma manifestação em poio ao ex-presidente. Será na Praça Generoso Marques (próximo à Catedral), no centro de Curitiba, a partir das 18h. Antes, às 16h30, uma aula pública com a presença do ministro da Justiça do governo Dilma RousseffEugênio Aragão, discutirá os métodos utilizados pela Operação Lava Jato.

Confira a programação completa do dia 13/09: (mais…)

, , , , , , , , , , ,

Stephanes Jr xinga padre de “bandidinho, marginal…”

E o deputado estadual Stephanes Jr (PSB) pisa feio no tomate, na jaca e em tudo em volta durante a discussão sobre a lei que autoriza a venda de bebida alcoolica nos estádios do Paraná.

Ele se dirige a um dos manifestantes e o xinga de bandido, como lembra o jornalista Fernando Tupan:

Stephanes disparou: “você deve ter sido comprado por alguém pra tá aí, né de azulzinho? Você é marginal, tá fazendo o que aí? Presidente, olha o marginal ali, o bandido ali… o bandidinho ali, bandido, bandido…” O problema é que o de “azulzinho” era um assessor do arcebispo de Curitiba, Dom José Antônio Peruzzo, conhecido como Padre Alex, Alexsander Cordeiro Lopes, coordenador da Ação Evangelizadora da Cúria Metropolitana. O sacerdote ficou de cara e se manifestou na conta do Facebook toda a indignação.

Veja abaixo o que escreveu o padre nas redes sociais sobre o episódio e o destempero do deputado que se diz católico. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , ,

Delator diz que encontrou-se com Richa para discutir Caixa 2

Richa e Traiano – Bons Companheios
foto Carta Capital

Do blog do Fernando Tupan

O dono da Construtora Valor, Eduardo Lopes de Souza, afirmou aos procuradores do Ministério Público Federal (MPF) que o então diretor da Secretaria de Educação (Seed) Maurício Fanini participou de uma reunião na casa do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), 45 dias antes da eleição de 2014, para discutir caixa dois. O G1 e a RPC Curitiba tiveram acesso à delação premiada firmada pelo empresário com o Ministério Público Federal (MPF), que ainda precisa ser homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O atual presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Ademar Traiano (PSDB), também participou do encontro, afirma o empresário. Eduardo Souza é investigado por fraudes em licitações na construção de escolas do estado. Ele é investigado por fraudes em licitações na construção de escolas do Paraná que chegam a R$ 20 milhões. As informações são do G1. Paraná

(mais…)

, , , , ,

Municípios conseguem prorrogar prazo para assumirem licença ambiental

A Associação dos Municípios do Paraná e a Associação dos Municípios do Médioparanapanema conseguiram prorrogar o prazo para os municípios pequenos assumirem o licenciamento ambiental.

A informação foi repassada ontem aos prefeitos durante reunião da Amepar, em Londrina, pela procuradora jurídica da AMP, doutora Francine Frederico. O Conselho Estadual do Meio Ambiente vai formar um grupo de trabalho para avaliar as dificuldades e buscar uma solução. (mais…)

, , ,

Tempos de Cigarro Sem Filtro: A Ditadura Militar sob a ótica de pessoas comuns, das periferias das cidades

Tempos de Cigarro Sem Filtro, primeiro romance do jornalista José Maschio, retrata o Brasil da década de 1970. O período sombrio da ditadura militar aparece através dos olhos de pessoas humildes, cidadãos simples levando suas vidas simples na periferia das cidades.

Em Tempos de Cigarro Sem Filtro, José Maschio, com sua longa experiência como repórter, narra a história de Jaso e Maria, um casal unidos pela miséria. Vivem na periferia de uma típica cidade brasileira dividida por desigualdades sociais e econômicas. Jaso é um peão para qualquer trabalho braçal, Maria uma lavadeira de roupas.

Veja e compartilhe a entrevista exclusiva do autor ao blog:

O lançamento do livro acontee hoje às 19h30 no Sesc Cadeião, em Londrina.

O preço do livro é bem camarada: R$ 30,00

, , , , , ,

Pré-candidato ao governo, Kireeff encara a polêmica

, , , , ,

Não há limites para a ambição dos Barros

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, conhecido pelas declarações desastradas que já ofenderam médicos, mulheres e outros grupos, tem um objetivo muito claro: quer se manter no poder, custe o que custar

A revista Piaui trouxe, dias atrás, uma matéria interessante sobre os movimentos do camaleônico ministro da Saúde, Ricardo Barros, para fazer de sua família a nova oligarquia do Paraná.

Veja a matéria produzida pelo jornalista Rafael Moro Martins:

O CÉU É O LIMITE

trajeto entre a igreja e o salão de festas era curto – coisa de poucos metros de caminhada –, mas havia se formado um inesperado e incontrolável corredor polonês. De um lado, manifestantes gritavam “Fora Temer”, cuspiam, jogavam ovos, garrafas e até pedras portuguesas nos convidados da festa – que, no outro extremo, tentavam se proteger dos ataques com as mãos, abaixando-se. Com guarda-chuvas, seguranças contratados para o evento tentavam socorrer os convidados do bombardeio. No meio, a noiva ria amarelo, o rosto transparecendo contrariedade, tentando sublimar o que acontecia. (mais…)

, ,