Jornalistas reclamam de censura na EBC na cobertura do caso Marielle

do Comunique-se

Na tarde desta terça-feira, 20, o Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal publicou no Facebook denúncia contra a Empresa Brasil de Comunicação, que criou restrição para a cobertura do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. A entidade veiculou foto dos profissionais da EBC em ato contra a censura. (mais…)

, , , , ,

Festa e cornetagem na posse da nova diretoria da Boca Maldita

foto Anibal Vieira

Tomou posse no sábado, durante um jantar comemorativo no hotel Bourbon em Londrina a nova diretoria da Boca Maldita, entidade sem fins lucrativos, mas com pendão para falar de tudo e de todos.

O novo presidente é o jornalista Naym Libos, que substitui o quase eterno Avilmar dos Santos, o Pai Jacó.
Na foto a nova diretoria: Nelson DequechYgor K. de Siqueira (presidente da Boca Maldita de Curitiba)Jackson Proença Testa e Alvaro Freitas;  sentados, Pedro MorettoDimas José de OliveiraWalter Rosa e Naym Libos (presidente). Ausentes na foto os diretores José Pedro da Rocha Neto e Herculano Braga, que estavam dando entrevistas.

, , , ,

Os caminhos da malandragem 2. Veja outros casos

Só para ilustrar, em Foz do Iguaçu, em 2015 a polícia prendeu o secretário municipal de Tecnologia da Informação Melquizedeque Correa Souza, e outros três jaguaras por supostas fraudes no recolhimento do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). Segundo o delegado do Gaeco Marcos Araguari, “o secretário de Tecnologia da Informação tinha o poder de administrar o banco de dados da Secretaria de Fazenda e há indicativos técnicos apurados de que ele teve condições práticas para isso e de que ele próprio fazia as alterações para reduzir o valor dos imóveis e consequentemente dos impostos”. (leia mais) (mais…)

, , , , , , , , , , ,

Por que não uma auditoria externa para rastrear os caminhos da malandragem?

Ainda falando sobre as denúncias de que servidores da Secretaria da Fazenda andaram fazendo “mágica” e sumindo com impostos atrasados de empresas – dois casos já foram confirmados – a prefeitura sim podia contratar uma auditoria externa para rastrear o caminho da malandragem. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

93% dos leitores são contra pagar 13º salário para políticos

Político é emprego, profissão?

Bom, muita gente, inclusive o blogueiro, acha que não. Por isso fizemos aqui uma enquete para saber a opinião do leitor com relação ao movimento das Câmaras de Vereadores para que seus nobres (às vezes nem tanto) vereadores recebam o 13º Salário e abono de férias.

Veja o resultado:

13º Salário e abono de férias para vereador. Qual sua opinião?

  • SOU CONTRA (93%, 354 Votes)
  • SOU A FAVOR (7%, 26 Votes)
  • TANTO FAZ (1%, 2 Votes)

 

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Tribunal de Contas explica sobre13º Salário e férias para vereadores

do Tribunal de Contas

A partir de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) com repercussão geral, o pagamento de décimo-terceiro salário e abono de férias aos vereadores do Paraná é possível. Mas deve respeitar uma série de condições: fixação em lei específica, seguindo o princípio da anterioridade; previsão na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e na Lei Orçamentária Anual (LOA) do município; respeito às regras para a criação de despesas continuadas estipuladas pela Lei de Responsabilidade Fiscal; e enquadramento no limite de gastos com pessoal da Câmara. (mais…)

, , ,

Belinati diz que Leônidas faz “desserviço para a cidade”

Não é de agora que o ex-deputado Moysés Leônidas e o prefeito Marcelo Belinati andam se estranhando.

Leônidas sempre esteve no grupo do ex-prefeito Antonio Belinati, tiozão de Marcelo Belinati – foi inclusive seu secretário na prefeitura. Mas, desde o começo da administração Marcelo Belinati, Leônidas tem feito críticas pesadas à conduta administrativa dele.

E no fim de semana, a coisa desandou de vez.

Veja o que os dois escreveram no facebook: (mais…)

, , , ,

Presidente da Ask é Conselheiro da Sercomtel. Agora pode?

Na administração anterior, em Londrina, a Promotoria de Defesa do Patrimônio Público foi na jugular de secretários do então prefeito Alexandre Kireeff que acumulavam funções em conselhos. Os alvos foram o vice-prefeito Guto Bellusci, o secretário municipal de Governo, Paulo Arcoverde, o assessor executivo da prefeitura, José Carlos Bruno de Oliveira, e o conselheiro Gustavo Lessa Neto. Além de secretários participavam de conselhos como o do Sercomtel. A alegação do MP era de que, conforme a Constituição, eles não poderiam acumular os cargos. Todos deixaram os conselhos.

Bom, o atual presidente da Ask, Luciano Kuhl é também conselheiro da Sercomtel. Lembrando que o conselho é remunerado também. Porém, segundo a assessoria de imprensa da Sercomtel, Kuhl não recebe remuneração por estar no Conselho.

, , , , ,

Estudo mostra que menos de 30% dos partidos renovam suas lideranças

Do Transparência Partidária

Estudo encomendado pelo Movimento Transparência Partidária apresenta panorama sobre a oxigenação de agremiações partidárias brasileiras  

O conceito de democracia não é unanimidade entre os Cientistas Políticos, mas é consensual que para o aprofundamento desse sistema haja alternância de poder. Com o objetivo de entender a média de renovação nas cúpulas dos partidos políticos brasileiros, o Movimento Transparência Partidária anuncia a publicação do estudo Oxigenação dos Partidos Políticos: Executivas e Diretórios Nacionais.

A pesquisa analisou a composição das Executivas Nacionais e dos Diretórios Nacionais de todos os partidos políticos brasileiros já registrados, em um período de dez anos (2007-2017). Entre os achados identificados pelo movimento está a baixíssima rotatividade entre lideranças da Executiva, cuja média é de 24%. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Tempos de Cigarro Sem Filtro: A Ditadura Militar sob a ótica de pessoas comuns, das periferias das cidades

Tempos de Cigarro Sem Filtro, primeiro romance do jornalista José Maschio, retrata o Brasil da década de 1970. O período sombrio da ditadura militar aparece através dos olhos de pessoas humildes, cidadãos simples levando suas vidas simples na periferia das cidades.

Em Tempos de Cigarro Sem Filtro, José Maschio, com sua longa experiência como repórter, narra a história de Jaso e Maria, um casal unidos pela miséria. Vivem na periferia de uma típica cidade brasileira dividida por desigualdades sociais e econômicas. Jaso é um peão para qualquer trabalho braçal, Maria uma lavadeira de roupas.

Veja e compartilhe a entrevista exclusiva do autor ao blog:

O lançamento do livro acontee hoje às 19h30 no Sesc Cadeião, em Londrina.

O preço do livro é bem camarada: R$ 30,00

, , , , , ,

João Arruda racha família Requião

Grandes amigos, hoje um tanto estremecidos

do Fabio Campana

Em entrevista ao npdiario.com, o deputado João Arruda (PMDB) expôs o atual racha na família do senador Roberto Requião (PMDB). Arruda é sobrinho de Requião, mas vai disputar o comando do diretório do partido em Curitiba contra o indicado pelo senador. “Eu me chamo João Arruda! Política é coisa séria. Na última eleição não pedi nem gravação de apoio para o Requião”, afirmou referindo-se ao seu tio. (mais…)

, , , ,

PMDB de Curitiba e a interminável guerra pelo poder

Do blog do Tupan

A convenção do PMDB foi realizada ontem, mas o letígio continuará na Justiça. Ontem, Requião Filho conseguiu um agravo e suspendeu a limitar obtida pelo advogado Moisés Pessuti para o grupo dissidente do presidente estadual Roberto Requião. Hoje, Pessuti tentará derrubar o mandado obtido pelos requianistas. (mais…)

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,