Onde estavam os generais amigos de Bolsonaro na solenidade de entrega da Cidadania Honorária?

Compartilhe
Leia Também
Comente

Um comentário

  1. Genildo

    De onde tiraram a informação de que são amigos??? Quem tem muitos amigos é o Janjo, amigos que dão triplex, sitios, canetas carissímas, emprestam aviões, festas de casamento, compram barquinhos para o laguinho do sítio, pagam reformas, levam caixas de wisky com conteudo duvidoso, segundo é claro o Palocci.
    Não são amigos pessoais, não se prestam ao papel de papagaios de pirata, algo muito comum aos politicos locais, inclusive me causa asco ve-los se posicionando atrás do governador Rato quando de suas entrevistas televisivas e fazendo cara de concordância mas votam por aumentar o ICMS da população.
    Não são politicos e não concorrem a cargos eletivos, são apenas homens capacitados que sequer precisariam ter assumido cargos públicos mas assim o fizeram quando convocados e não tenham duvidas que poderão faze-lo mais uma vez se convocados, não por um ex-condenado que fique claro, mas por alguém que se preocupa com a democracia.

  2. Carlos Marques

    Será que esses generais finalmente sacaram a fria em que estavam se metendo ao se aliarem a um golpista ladrão de joias milionárias? Será que esses generais finalmente leram o noticiário real (e não as fake news das véinhas do Zap ou dos véinhos gagás do Face) e descobriram que havia uma família milionária no governo sem ter carteira assinada ou assentado um tijolo? Será que esses generais finalmente concluíram que eles exercem (ou exerceram) uma função de Estado e não a de subalternos de um golpista que tentou usar descaradamente as Forças Armadas para instalar uma um ditadura miliciana no país? O neofascista passou anos papagaiando sobre “as minhas forças armadas”, só faltou combinar com a maioria que realmente comanda as Forças Armadas. Pra quem está chateadinho e não aceita a derrota fica um “perdeu, mané, vá pra Argentina”.

  3. Genildo

    Então gente, parece que quem tinha miliciano no em ministério não era o Bolsonaro não hein!

    Miliciano ligado a ministra de Lula foi citado em relatório de CPI de Freixo
    https://www1.folha.uol.com.br/poder/2023/01/miliciano-ligado-a-ministra-de-lula-foi-citado-em-relatorio-de-cpi-de-freixo.shtml

    Aliás, essa relação com milicianos, organizações criminosas, paramilitares e terroristas disfaçadas de movimentos sociais existe desde a origem do PT, é só estudar um pouquinho que vc vão encontrar alguns “diálogos cabulosos”.

    https://www.youtube.com/watch?v=T5edeOLuL34
    https://www1.folha.uol.com.br/poder/2023/01/miliciano-ligado-a-ministra-de-lula-foi-citado-em-relatorio-de-cpi-de-freixo.shtml
    https://www.gazetadopovo.com.br/republica/lucinha-deputada-suspeita-ligacao-com-milicia-rio-de-janeiro-apoiou-lula-e-proxima-eduardo-paes/

    Volto a frisar: quem tem amigos é o PT de Lula.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios