Advogado especialista em auditores fiscais

O ex procurador de Londrina na gestão de Antonio Belinati, Eduardo Duarte Ferreira, criminalista do auditor fiscal Luiz Antonio Souza, que está fazendo delação premiada em Londrina e arrebatando multidões de investigados na Operação Publicano, também atuou num processo do Ministério Público contra Jaime Kiochi Nakano, que é fiscal lotado atualmente no gabinete do Secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa.

Ele trabalhou por anos em Maringá, Londrina e recentemente ocupou cargos em conselhos como CELEPAR, ParanaPrevidência, de Contribuintes e Recursos Fiscais na gestão de Beto Richa, além de coordenar o programa Paraná Competitivo durante o período de Luiz Sebastiani na Fazenda.
Trata-se da Cautelar Inominada 30851-47.2009.8.16.0014 do MP contra Jaime Kiochi Nakano e outros, que determinou a exibição de documentos e investigação de bens dos envolvidos com obtenção de declarações de renda, movimentações financeiras, dados fiscais, contas bancárias e de cartões de crédito. Nakano responde a um processo por enriquecimento ilícito em Maringá, após ser denunciado pela ex esposa no MP de lá.

Um comentário em “Advogado especialista em auditores fiscais

  • 29/05/2015, 14:44 em 14:44
    Permalink

    Chamem o FBI que ai prendem a todos,até a madame dos cobertores.

    Resposta
  • 29/05/2015, 15:30 em 15:30
    Permalink

    Deve estar atuando na defesa dos interesses do Paraná, do povo simples e trabalhador, de gente humilde e correta.
    Deve também ao ser informado de irregularidades gritantes contribuir para corrigir estas inconsistências administrativas, zeloso como é com o erário.
    Como sempre.

    Resposta
  • 29/05/2015, 21:12 em 21:12
    Permalink

    Não vai dar pro ditadorzinho dizer que o advogado do suspeito é do PT, ou tem ligações com o PT, e estaria orientando seu cliente para delatar as propinas que chegaram às burras clandestinas de sua campanha eleitoral.

    Resposta
  • 01/06/2015, 14:27 em 14:27
    Permalink

    Olha que comentário bacana no BONDE:
    Alikan Zanotti · São João do Ivaí
    Estamos vivendo num país paradoxal. Esse pilantra e seu bando, com certeza, deixou crianças sem estudo, famílias sem habitação e mais da metade da população paranaense carecendo de saúde. Estuprou garotas vulneráveis e agora, pretende beneficiar-se da delação premiada e livrar-se da cadeia. O que certamente ocorrerá. Noutro vértice, o “ladrão de galinha”, o cachaceiro e os fumadores de maconha, lotam as cadeias públicas e penitenciárias com penas de 10, 12, 15 anos de prisão.

    http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-3–11-20150601

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: