Águas Dançantes no Lago Igapó

Foto: Vivian Honorato – N.Com/PML/Arquivo

A Prefeitura de Londrina, através da Codel, concluiu duas licitações referentes à decoração natalina deste ano. A principal novidade da programação é o espetáculo Show das Águas Dançantes, que será realizado no Lago Igapó 2, próximo à Avenida Higienópolis, todas as noites, entre 23 de novembro e 6 de janeiro.

Com cerca de 4 minutos de duração, a atração incluirá uma cortina de água onde será exibida uma projeção mapeada, que contará uma história através de imagens. Por meio do Pregão no 217/2021, o Município contratou a empresa MAPE, que ficará responsável pela montagem e execução do espetáculo, assim como a retirada da estrutura. O investimento realizado é de R$ 485 mil.

Foto: Vivian Honorato – N.Com/PML/Arquivo

A decoração natalina inclui, ainda, uma árvore iluminada de 25 metros de altura e 16 metros de diâmetro, que também será instalada no Lago Igapó 2; e uma série de ornamentos, que poderão ser vistos em seis rotatórias da cidade, cujas localizações serão definidas nos próximos dias. Ao todo, serão investidos R$ 1.273.999,66 nessa iniciativa, sendo R$ 508 mil para a árvore iluminada e R$ 765.999,66 para os demais ornamentos. Contratada através do Pregão no 212/2012, a empresa Ativa Atacado realizará ambas as ações. Assim como o Show das Águas Dançantes, essas atrações também estarão disponíveis entre 23 de novembro e 6 de janeiro.

De acordo com o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Ubiratan, o objetivo da gestão municipal é que a decoração deste ano traga alegria às famílias londrinenses e contribua para aquecer a economia local e a geração de renda. “Vale muito a pena cada centavo investido na decoração e programação cultural do final de ano. Primeiro, porque o londrinense merece ver a cidade cada vez mais linda, o que também atrai visitantes de toda a região. Além disso, as vendas do comércio e prestadores de serviços se aquecem ainda mais, beneficiando a economia local. Finalmente, o dinheiro investido volta para o Município, na forma de arrecadação de impostos. Ou seja, todos saem ganhando”, afirmou. 

*Do N.Com

Deixe uma resposta