Até ex-presidente do LEC aparece como indiciado nos crimes sexuais

Hoje o Ministério Público de Londrina ajuíza mais algumas ações contra os acusados de abuso sexual de menores. As investigações começaram em março depois que um auditor fiscal da Receita Estadual do Paraná, Luiz Antonio de Souza, foi flagrado num motel da cidade com uma adolescente.

Além de Souza, foram indiciados o ex-fotógrafo do governador Beto Richa, Marcelo Caramori (conhecido como Pato Roco), e outras doze pessoas, entre agenciadores e empresários. Entre os nomes que só agora aparecem na fita, está o do empresário Marcelo Caldareli, que foi presidente do Londrina Esporte Clube.

São mais de 20 ações penais já ajuizadas contra mais de 30 pessoas. O número de vítimas passa de 50. A promotora Susana de Lacerda informa que os crimes citados nestas nove ações foram cometidos nos anos de 2003, 2005, 2006, 2013 e 2014.

Um comentário em “Até ex-presidente do LEC aparece como indiciado nos crimes sexuais

  • 05/11/2015, 18:04 em 18:04
    Permalink

    E o maior de todos não vai cair não?????????????

    Resposta
  • 05/11/2015, 18:36 em 18:36
    Permalink

    Sera que é o ZAMBONI?????????

    Resposta
  • 06/11/2015, 13:44 em 13:44
    Permalink

    O mais tenebroso em tudo isso é que as garotas chegam em casa cheio de grana e os pais nem desconfiam de nada… ou será que é eles que mandam ir pra rua e não aparecer em casa sem dinheiro? É comum em bares e afins na cidade meninas novinhas “enchendo o caneco” e desfilando com roupas minúsculas. Isso não ocorre só em Londrina,ocorre no Estado todo e no país de norte a sul. Nossa querida “pátria educadora” está longe de ser um exemplo a ser seguido. Vale lembrar que na década de 80 uma garota de menor de Londrina apareceu em uma famosa revista masculina recebendo todas as honras e glorias dos Londrinen$es…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: