Até tu Eduardo Campos? Crime pode ter financiado campanha de pessebista

De O Sul

O esquema criminoso investigado na Operação Turbulência, deflagrada nesta terça-feira (21), pode ter financiado a campanha de reeleição do então governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), em 2010, segundo a Polícia Federal. “O esquema foi utilizado para pagar propina na campanha do governador”, afirmou a delegada federal Andrea Pinho, durante entrevista coletiva no Recife. 

A operação prendeu nesta terça-feira quatro empresários suspeitos de integrar a organização criminosa – João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho, Eduardo Freire Bezerra Leite, Arthur Roberto Lapa Rosal e Apolo Santana Vieira. Todos foram levados para a sede da PF, no Recife.

Mello Filho afirma ser o dono do avião que caiu e causou a morte do ex-governador de Pernambuco durante a campanha presidencial de 2014. A PF verificou o envolvimento de empresas de fachada na compra da aeronave.

“Essas empresas transitavam entre si e realizavam movimentações milionárias, na conta de outras empresas igualmente de fachada e na conta de outros ‘laranjas’. Elas integravam uma organização criminosa especializada em lavagem de dinheiro, que vem desde 2010 e que decaiu após a queda do avião”, explicou a delegada. (leia mais)

2 thoughts on “Até tu Eduardo Campos? Crime pode ter financiado campanha de pessebista

  • 21/06/2016, 22:28 em 22:28
    Permalink

    E você não sabia? Com todo o respeito: tolinho!

    Resposta
  • 23/06/2016, 01:00 em 01:00
    Permalink

    Será que só alguns poucos não sabiam? Será que esses alguns não desconfiaram de que a morte dele foi um acidente muito mal arranjado?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: