Em Cascavel vereadores propõe mudança na lei para obrigar prefeito a cumprir promessas de campanha

Olha só o que estão propondo alguns vereadores de Cascavel.

Eles querem garantir que as propostas de campanha do prefeito sejam realmente cumpridas e não fiquem só no discurso vazio do período eleitoral. A proposta de emenda à Lei Orgânica 01/2017,  determina prazo de 90 dias para que o atual e futuros prefeitos apresentem o planejamento de metas e execução do plano de governo veiculado na campanha eleitoral. A emenda foi protocolada ontem.

Os parlamentares que assinam à medida são: Fernando Hallberg, Parra, Paulo Porto, Madril, Serginho Ribeiro, Damaceno Júnior, Pedro Sampaio, Olavo dos Santos, Jaime Vasatta e Celso Dalmolin.
Segundo o vereador Hallberg, dessa maneira é possível valorizar o debate eleitoral, além de profissionalizar a gestão do Município. “Considerando que a Prefeitura é uma ‘empresa’ com mais de oito mil funcionários, fica impossível assegurar uma gestão eficiente sem o devido planejamento estratégico”, destaca o parlamentar.

O projeto foi baseado nos moldes do que já funciona em São Paulo, desde 2008. Ainda no Brasil, cidades como Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Londrina e Foz do Iguaçu, já dispõem de leis sobre metas e planejamento estratégico.

A emenda prevê ainda que o poder Executivo divulgue semestralmente os indicadores de desempenho relativos à execução das metas. E, caso haja necessidade, o prefeito poderá fazer alterações no programa, mas com justificação e divulgação nos meios de comunicação.

Deixe uma resposta