Gilberto Carvalho desafia: ´Quero que comprovem que recebi um tostão’

Da Folha

Gilberto Carvalho, ex-chefe de gabinete do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se diz indignado em ver seu nome citado na Operação Zelotes e adianta que desafia quem quer que seja a provar que ele tenha recebido recursos ilicitamente no período em que trabalhou no Palácio do Planalto.

“Nunca recebi dinheiro nenhum. Eu tenho uma chácara, um apartamento para pagar em vinte anos e uma filha falida, a quem tenho de ajudar. Estão fazendo meras e tristes interpretações. Quero que comprovem se recebi um tostão”, afirmou.

Gilberto Carvalho, que também ocupou a Secretaria-geral da Presidência durante o primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, admite que conhece um dos suspeitos presos pela Polícia Federa: Mauro Marcondes, sócio da empresa Marcondes e Mautoni Empreendimentos.

“Quando era chefe de gabinete, eu o recebia para tratar de temas relativos a ele ter uma audiência com o presidente Lula. Vinha demandar interesses do setor automobilístico, algo normal. Nunca o encontrei fora do meu gabinete”, disse. (leia mais)

12 comentários em “Gilberto Carvalho desafia: ´Quero que comprovem que recebi um tostão’

    • 27/10/2015, 09:04 em 09:04
      Permalink

      A Anta-corista tem a mesma credibilidade da veja: zero! E a Polícia Federal é antipetista até debaixo d’água. Diz a Anta-corista que a PF passou a lista de perguntas pra Folha. Maravilha! Dobradinha antipt e tucano! Mas estou curioso em saber o que é GC10. E o Moro faz meses que ainda não nos disse o que significava “Adiantar 15p/JS” na agente do Odebrecht. Seria “Adiantar 15 pila para José Serra”? Aliás GC10 não saiu escondido em tarja preta mas a referência a JS tentaram esconder da gente.

      Resposta
  • 27/10/2015, 08:38 em 08:38
    Permalink

    Que cara de pau. Proponho uma campanha de arrecadação de dinheiro pela internet para ajudá-lo e a filha. Que dó.

    Resposta
  • 27/10/2015, 10:13 em 10:13
    Permalink

    Pelo jeito a lama podre já tá batendo na barra da calça do poderoso chefão. Só resta saber se ele vai passar o Natal em casa ou em Curitiba.

    Resposta
    • 27/10/2015, 16:49 em 16:49
      Permalink

      O Sr se refere ao Beto Richa ou o Hauly????????????

      Resposta
      • 28/10/2015, 09:43 em 09:43
        Permalink

        Me refiro ao seu cumpanheiro 171 enganador de pobre que enriqueceu rapidinho as custas de idiotas que deram seu voto a ele e armou a maior quadrilha jamais vista na história deste país.

        Resposta
        • 28/10/2015, 19:56 em 19:56
          Permalink

          Nem o Beto nem o Hauly são meus companheiros sr

          Resposta
  • 27/10/2015, 10:51 em 10:51
    Permalink

    Senhor Gilberto, deixe de conversa mole e de se fazer de vitima. O senhor procura sempre aparentar um Católico Apostolico Romana. Pelo que sei a confissão ainda não foi abolida. O senhor já teve coragem de confessar o que sabe da morte do Celso Daniel?.

    Resposta
    • 27/10/2015, 19:31 em 19:31
      Permalink

      A Polícia Civil de São Paulo (controlada por tucanos desde a época de Covas) identificou os criminosos, que já foram julgados. O promotor que levantou a tese de petistas envolvidos no crime, foi bem esperto e acabou candidato a deputado pelo PSDB. O problema é que tucanos continuam acreditando que o PT forneceu a arma do matador de Kennedy, a gasolina pro Nero atear fogo em Roma, a maçã pra Eva cair em tentação…

      Resposta
  • 27/10/2015, 16:15 em 16:15
    Permalink

    Isso mesmo Tofáno . Essa história precisa ser contada.

    Resposta
  • 27/10/2015, 17:10 em 17:10
    Permalink

    Cara de pau o Sr Gilbarto. Porisso que foi ministro e assessor do lula nesses 12 anos. Aprendeu bem. Não viu nada, não sabe de nada, e não mamou nada nesse tempo. Fui eu quem mamou.

    Resposta
  • 27/10/2015, 19:10 em 19:10
    Permalink

    Gostei do desafio do ex-ministro de Lula. Agora vou esperar que a Polícia Federal e a Justiça mostre “algum” que ele levou. Aliás, já deveriam ter mostrado. Afinal de contas, não existe existência mais devassada neste país do que a dos petistas. De outro que aguardo prova de inocência é o Pastor Gerson Araújo, ex-prefeito tucano. O Gaeco está certo que o pastor cometeu estelionato, tanto que já o indiciou. Em nível nacional, outro autoproclamado cristão (e líder dos antipetistas que fingem combater a corrupção) já se ferrou. Não vai dar pra provar inocência, a Suíça já mandou as provas. Falo de Cunha, “guerreiro do povo brasileiro”. KKKKKK

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: