Pinga de metro: Posto e empresa multados por vender a marvada cachaça

O Ministério da Agricultura, notificado pela Vigilância Sanitária do Paraná, multou pesado o Posto Shell Trevo (Chichetto Auto Posto, em Cambé) por vender Pinga de Metro (pinga de bolso) sem qualquer identificação ou registro do produtor, que era de Londrina.

A proprietária da microempresa também foi autuada: “Em atendimento à Intimação supracitada, a intimada compareceu à Utra-Londrina e informou que envasou e comercializou a bebida alcoólica “Pinga de Bolso” no ano de 2019. A atividade consistia na aquisição de licores, conhaques saborizados e aperitivos e envase em pequenas embalagens plásticas, similares às do “geladinho”.
Não adicionava qualquer aditivo ou substância à bebida. Informou ainda que não pretende mais prosseguir na atividade e que está em processo de encerramento da empresa junto à Receita Federal do Brasil. Agora está trabalhando com uma academia de esportes. A mesma foi autuada por ter produzido e comercializado os produtos sem os devidos registros no MAPA.”
A venda está proibida em todo o Brasil deste tipo de produto, já que serve para caminhoneiros tomarem junto com os chamados “rebites”. O Sindicato dos Postos de Combustíveis do Paraná já foi notificado também para que façam cessar a venda no estado.

2 thoughts on “Pinga de metro: Posto e empresa multados por vender a marvada cachaça

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: