Publicitário vence ação e Chevrolet e concessionária vão ter que devolver valor pago por Ômega CD

O publicitário e empresário Spartaco Puccia, enfim, pode comemorar. Em 1997 ele comprou um carro Ômega CD, da Chevrolet, zero km, por R$ 45 mil, na concessionária Metronorte, de Londrina.  “Comprei o carro numa sexta-feira e na primeira viagem que fiz a São Paulo percebi que ele apresentava uma trepidação incomum. Quando voltei, levei-o até a concessionária, que fez o reparo, mas não resolveu o problema. E foi assim durante dois anos”, disse o publicitário. Segundo ele, foram mais 16 visitas à concessionária sem que o problema fosse resolvido.

Sem solução, ingressou na justiça. A ação foi julgada em Curitiba pelo Tribunal de Justiça. Em uma decisão unânime foi mantida a decisão de Londrina que previa devolução do valor pago no veículo corrigido e danos morais corrigido.

Deixe uma resposta